Assine já
Emprego e Formação

Viana do Castelo recebe competição organizada pelas Escolas do Turismo de Portugal

Os alunos das 12 Escolas do Turismo de Portugal reuném-se de 18 a 20 de fevereiro, em Viana do Castelo, para o Interescolas 2020.

Publituris
Emprego e Formação

Viana do Castelo recebe competição organizada pelas Escolas do Turismo de Portugal

Os alunos das 12 Escolas do Turismo de Portugal reuném-se de 18 a 20 de fevereiro, em Viana do Castelo, para o Interescolas 2020.

Publituris
Sobre o autor
Publituris
Artigos relacionados

Os alunos das 12 Escolas do Turismo de Portugal reuném-se de 18 a 20 de fevereiro, em Viana do Castelo, para o Interescolas 2020, uma competição que, este ano, está também aberta à participação de todas as escolas nacionais que integram a Associação Europeia de Escolas de Hotelaria e Turismo (AEHT).

No total, cerca de 200 participantes irão competir nas categorias de Bar, Barista, Cozinheiro Aprendiz, Decathlon, Turismo, Alojamento Hoteleiro, Gestão Hoteleira, Pasteleiro Júnior, Taça Joaquim Janeiro, Escanção (Gilberto Mira), Empreendedorismo e, pela primeira vez, Cozinheiro Vegetariano.

Num comunicado de imprensa, a organização explica que a especialidade “Cozinheiro Vegetariano” consiste numa prova em equipa, composta por dois alunos, que terão de "elaborar, preparar e confecionar um acepipe a partir de produtos de origem vegetal e, uma prova individual, em que cada aluno terá de elaborar uma ficha técnica de um prato principal para quatro pessoas, a partir de um cesto surpresa que inclua, pelo menos, um produto de origem vegetal". Terão também que elaborar, preparar, confecionar e empratar, o prato principal da ficha técnica.

Os vencedores de cada especialidade serão os representantes de Portugal nos Encontros Europeus da Associação Europeia de Escolas de Hotelaria e Turismo (AEHT) que, este ano, irão decorrer em Aveiro, em novembro.

Organizado pelas Escolas do Turismo de Portugal, este concurso realiza-se desde 2006, tendo sido alargada a participação a todas as escolas portuguesas que integram a AEHT, visando reforçar a parceria entre o grupo de escolas associadas da AEHT e contribuir para o sucesso da participação nacional na competição europeia, evidenciando igualmente os futuros profissionais do turismo em Portugal.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Artigos relacionados
Emprego e Formação

Conheça os vencedores dos Hospitality Education Awards 2021

A iniciativa anual organizada pela Associação Fórum Turismo decorreu no Dia Mundial do Turismo.

Publituris

Foram conhecidos, esta segunda-feira, Dia Mundial do Turismo, os vencedores dos Hospitality Education Awards 2021.

Iniciativa anual organizada pela Associação Fórum Turismo, em parceria com o Turismo de Portugal, I.P, a Organização Mundial de Turismo (OMT), a Associação Nacional de Escolas Profissionais (ANESPO), o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP), e a Rede de Instituições Públicas do Ensino Superior com Cursos na área do Turismo (RIPTUR), os prémios visam distinguir a formação turística e estimular a melhoria da qualidade formativa através do reconhecimento dos seus melhores intervenientes. 

No total, foram sete as categorias premiadas, tendo existido um reconhecimento especial à categoria de Melhor Stakeholder (categoria não ativada nesta edição), que distinguiu os desafios extraordinários encarados pelos mesmos no último ano.

A Melhor Carreira Jovem, uma categoria introduzida nos prémios desta edição, destacou-se face às restantes por ser a primeira categoria dos prémios a ter a sua vencedora votada pelo público. No total, foram recebidas mais de 4000 votações do público para esta nova categoria.

O encerramento da cerimónia foi feito pela secretária de Estado do Turismo,  Rita Marques, que deixou o desafio: “Portugal pode ajudar outros destinos a serem os melhores destinos turísticos do mundo, capacitando, formando e reforçando competências pelo mundo fora.”

Fique a conhecer os vencedores dos Hospitality Education Awards 2021:

Melhor Projeto Educacional - Clube de Ciência Viva, Escola de Hotelaria e Turismo de Vila Real de Santo António

Melhor Projeto de Inovação - Rota Carmelita, INSIGNARE - Escola de Hotelaria de Fátima

Melhor Carreira de Docente no Ensino Superior - Eunice Ferreira Ramos Lopes, Instituto Politécnico de Tomar

Melhor Carreira de Docente no Ensino Profissional - Marta Sotto-Mayor, Escola de Hotelaria e Turismo de Lisboa

Melhor Carreira Jovem (nova categoria) - Daniela Silvestre, Escola de Hotelaria e Turismo de Portimão

Melhor Professor/Formador no Digital (nova categoria) - Abílio de Jesus Nascimento Guerreiro, Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve

Prémio Fórum Turismo - Aurora Farinha

O evento realizou-se presencialmente, no Auditório da Escola de Hotelaria e Turismo do Estoril e contou com um Welcome Drink, um espetáculo de video mapping realizado pela Vortice Dance Company e a entrega dos prémios.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Emprego e Formação

Lusófona e DHM premeiam melhor docente investigador em Turismo

Esta distinção surge com o intuito de reconhecer o trabalho dos docentes que mais se destacaram em cada ano académico.

Publituris

A Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias e a DHM  – Discovery Hotel Management atribuiram o Prémio Melhor Docente Investigador em Turismo da Universidade Lusófona 2020-2021, ao Professor Doutor Álvaro Lopes Dias, pela "relevância da sua investigação em turismo, bem como pela competência pedagógica e dedicação
aos estudantes".

Esta distinção surge com o intuito de reconhecer o trabalho dos docentes que mais se destacaram em cada ano académico, tanto na vertente de investigação como na formação aplicada proporcionada aos seus estudantes.

Álvaro Lopes Dias é professor no Departamento de Turismo na Universidade Lusófona e no ISCTE-IUL, Lisboa, Portugal. O docente conta com dois doutoramentos, um em Gestão e Marketing e outro em Turismo, Pós-doutoramento em Gestão, Mestrado em Estratégia, e MBA em Negócios Internacionais; e mais de 26 anos de experiência de ensino. Teve vários cargos de visita em diferentes países e instituições, incluindo Brasil, Angola, Espanha, Arábia Saudita, Polónia e Finlândia. Já publicou 22 livros e produziu uma extensa pesquisa no campo do Turismo e da Gestão. O seu trabalho tem sido publicado no Current Issues in Tourism, J. Sustainable Tourism, J. Brand Management ou Business Process Management Journal.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Emprego e Formação

Bolsa de Empregabilidade do Fórum Turismo estreia-se no Brasil

A décima edição do BTM – Brazil Travel Market – acontece nos dias 22 e 23 de outubro de 2021 em Fortaleza.

Publituris

A Bolsa de Empregabilidade, feira de emprego no Turismo em Portugal, organizada e promovida pela Associação Fórum Turismo desde 2016, estreia a sua primeira edição no mercado internacional durante o Brazil Travel Market (BTM), em Fortaleza.

Este ano, a Associação Fórum Turismo aliou-se ao BTM e avançam com a criação de uma feira de emprego para auxiliar os profissionais do setor do Brasil na procura de oportunidades de emprego. Em Portugal, a feira de emprego que até à data sempre foi organizada dentro da Bolsa de Turismo de Lisboa, já conta com quatro edições realizadas, onde estiveram presentes mais de 180 empresas participantes e foram trocadas mais de 20.000 ofertas de trabalho.

“Quando criámos em 2016 a Bolsa de Empregabilidade, o nosso principal objetivo era o de oferecer o maior número de oportunidades de trabalho e de uma forma bastante acessível a todos os que procuravam uma carreira no Turismo. Vermos este projeto a crescer ano após ano em Portugal e a despertar o interesse de outros países na sua organização é um grande orgulho para nós. Pela primeira vez, iremos fazer uma Feira de Turismo no Brasil e acreditamos que não ficará por aqu,i” afirma António Marto, Presidente do Fórum Turismo.

O BTM é um evento que tem como principal objetivo reunir e promover a integração do setor de viagens e turismo, ao mesmo tempo que oferece novos produtos ao mercado. O evento é organizado pela BBC Eventos, que estreou a feira em 2010 com 60 expositores e 200 agentes e operadores de viagens visitantes, e na sua 9ª e última edição, em 2019, contou com a presença de 4.000 profissionais do turismo e 240 stands, tornando-se um dos maiores eventos B2B de turismo realizado no Brasil.

Por sua vez, seguindo o modelo aplicado em Portugal, a feira de emprego a realizar no BTM, terá 10 stands compostos por empresas de turismo, nacionais e internacionais, de diferentes áreas do setor. Os profissionais interessados nas vagas disponíveis pelas empresas participantes, poderão realizar as suas candidaturas espontâneas no local, diretamente com os diretores ou responsáveis de recursos humanos que estarão a representar as empresas durante os dois dias de evento.

A décima edição do BTM - Brazil Travel Market - acontece nos dias 22 e 23 de outubro de 2021 em Fortaleza (CE), no Centro de Eventos do Ceará.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Homepage

Escola de Turismo da Madeira abre inscrições para curso de Guias de Montanha

O objetivo do curso é formar e certificar profissionais na área de Informação Turística.

Publituris

A Escola Profissional de Hotelaria e Turismo da Madeira tem inscrições abertas para o Curso de Guias de Montanha 2021-2022, até ao dia 30 de setembro.

O objetivo do curso é formar e certificar profissionais na área de Informação Turística e desta feita proporcionar aos alunos acesso a uma atividade profissional em forte crescimento na Ilha da Madeira.

A duração do curso será de nove meses (840 horas) a decorrer em regime pós-laboral, de segunda a sexta-feira, das 19h às 23h e contará com seis Saídas de Campo, ao sábado. O curso inclui itinerários e circuitos pedestres.

O seu caráter interdisciplinar baseia-se em três vertentes: a Sociocultural, com ênfase nas disciplinas de Português (60h), Relações-Públicas e Humanas (60h) e dois idiomas estrangeiros, Inglês e Alemão/Francês (120h cada). A vertente Científica, com base nas disciplinas de Geografia e Orientação (90h) e História Económica e Social da Madeira (60h). E a vertente Tecnológica, com enfoque nas disciplinas de Fauna e Flora Terrestre da Madeira (120h), Primeiros Socorros (90h) e Itinerários e Circuitos Turísticos da Madeira (120h).

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Homepage

Alojamento e restauração apelam à criação de mecanismos de apoio à contratação

A AHRESP recorda que o capital humano é “o ativo mais importante em qualquer atividade, em particular no turismo” e que  a contratação de profissionais para o setor já era uma dificuldade assinalada antes da pandemia, mas que se agravou com a mesma.

Publituris

O recrutamento de profissionais para os setores de alojamento e restauração é apontado como uma das principais dificuldades e obstáculos à recuperação do turismo no país. A Associação de Hotelaria, Restauração e Empreendimentos Similares (AHRESP) considera "urgente  a criação de mecanismos que apoiem e facilitem a contratação e qualificação de recursos humanos".

A associação recorda que o capital humano é "o ativo mais importante em qualquer atividade, em particular no turismo" e que  a contratação de profissionais para o setor já era uma dificuldade assinalada antes da pandemia, mas que se agravou com a mesma. "Embora esta dificuldade já tivesse começado a sentir-se antes da crise pandémica, a inatividade das empresas turísticas ao longo do último ano e meio deslocou trabalhadores para outras atividades económicas, agudizando o problema".

Um recente inquérito realizado pela AHRESP constatou ainda que 84% das empresas de restauração e similares e 57% das empresas de alojamento turístico sentiram dificuldades na contratação de novos colaboradores este ano.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Homepage

4.ª edição da Pós-graduação em Organização e Gestão de Eventos do ISCE avança em novembro

A 4.ª edição desta Pós-graduação do ISCE tem início no mês de novembro com as candidaturas a terminarem a 13 de outubro.

Publituris

O Instituto Superior de Lisboa e Vale do Tejo (ISCE) acaba de anunciar a 4.ª edição da Pós-graduação em Organização e Gestão de Eventos de Negócios, Desportivos e de Animação Turística.

Organizada pelo Departamento de Turismo do ISCE, a Pós-graduação conta com um plano de estudos renovado, contando com o apoio da AIM Group International.

Com início previsto para novembro, as candidaturas estão a decorrer até 13 de outubro, revelando o ISCE que “a formação visa promover, fundamentalmente, a qualificação da oferta no que à indústria de eventos diz respeito, em todas as suas vertentes, de forma a atingir elevados níveis de satisfação dos visitantes que procuram a nossa região”.

Assim, a 4.ª edição desta Pós-graduação “qualifica para o domínio da Organização e Gestão Estratégica com forte incidência nas atividades de Incoming e Outgoing em Eventos, Etiqueta, Protocolo e Imagem, Catering e Banqueting, Vendas e Comercial, Eventos de negócios/Corporate e Congressos, Eventos Desportivos e de Animação Turística, Tecnologias e Empreendedorismo”.

Como destinatários, esta nova especialização do ISCE tem profissionais de unidades Turístico-Hoteleiras, profissionais da Restauração, Gestores Desportivos e de Animação Turística, Técnicos de Turismo, Técnicos de Agências de Viagens e Operadores Turísticos, Agentes da Administração Local e Regional, Licenciados em Turismo, Animação, Educação Física, Comunicação e Relações Públicas.

Mais informações em https://www.isce.pt/pt/estudar/pos-graduacoes/organizacao-e-gestao-de-eventos-de-negocios-desportivos-e-de-animacao-turistica

 

 

 

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Homepage

Escolas de Hotelaria e Turismo lançam formação online para lusodescendentes

O programa da Summer School acontece online e gratuito de 13 e 17 de setembro de 2021.

Publituris

Entre 13 e 17 de setembro de 2021, as Escolas de Hotelaria do Turismo de Portugal realizam  uma edição da Summer School que será, pela primeira vez, direcionada aos lusodescendentes.

Organizada pelo Turismo de Portugal e as suas Escolas de Hotelaria e Turismo, com o apoio da Secretaria de Estado do Turismo e da Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas, esta iniciativa, gratuita e online, visa "proporcionar aos lusodescendentes residentes fora do país formas de melhor conhecerem as suas origens e descobrirem Portugal, apresentando oportunidades para estudar, trabalhar e investir no país".

Participam, nesta edição, as Escolas de Hotelaria e Turismo do Porto, Oeste, Estoril, Portalegre e Portimão.

Assim, cada participante lusodescendente pode optar por assistir às aulas em português ou em inglês. Contudo, mesmo nas aulas em língua inglesa haverá a introdução de vocabulário em português, potenciando o contacto dos lusodescendentes com a língua. O curso é composto por sessões diárias de duas horas em cada uma das línguas.

O programa da Summer School para lusodescendentes inclui uma viagem pelo país, com destaque para os principais atrativos paisagísticos do litoral, interior e montanhas, em particular os trilhos e a natureza. A cultura e o património também terão uma atenção particular, nomeadamente a língua portuguesa e os monumentos classificados como património da UNESCO. Além destes, a gastronomia e o enoturismo estarão em destaque, com atividades de demonstração e produção de receitas das várias regiões.

Para a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, “esta ação ajuda os jovens de origem portuguesa a conhecer melhor o nosso país e é certamente uma forma de os atrair a voltar, nomeadamente para estudar, e também um fator de disseminação da cultura e dos valores portugueses associados aos principais ativos turísticos”.

A secretária de Estado das Comunidades Portuguesas, Berta Nunes, considera que “é muito importante que os lusodescendentes possam ter o contacto próximo com a grande diversidade geográfica e com a riqueza cultural do país que a Summer School proporciona. O aprofundamento deste contacto é essencial para que estes jovens, tão importantes para o futuro de Portugal, conheçam as potencialidades que este lhes oferece a nível académico, profissional ou de lazer”.

Alinhada  com a dinâmica que o Turismo assume no quadro do Programa Nacional de Apoio ao Investimento da Diáspora (PNAID), coordenado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros e pelo Ministério da Coesão Territorial, esta ação visa promover "a valorização das competências e do emprego nas várias áreas de atividades do setor, dando a conhecer as oportunidades que existem em Portugal, dirigidas a uma nova geração, para prosseguir os estudos,  criar uma carreira profissional ou investir no país".

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Marketing Digital Vetores por Vecteezy
Homepage

Funções ligadas ao digital serão perfis mais procurados no setor do turismo

A possível escassez no mercado poderá fazer com que se verifique algum aumento salarial para este tipo de perfis ligados ao digital.

Victor Jorge

Contrariando a tendência de crescimento que se verificava em anos anteriores, o setor do turismo e lazer foi um dos mais afetados pela pandemia COVID-19. De acordo com dados presentes no Guia do Mercado Laboral 2021 (GML), realizado pela Hays, prevê-se que se deverá manter a procura elevada procura de perfis com funções ligadas ao digital, perspetivando-se algum aumento salarial nesta área, tendo em consideração a possível escassez no mercado deste tipo de perfis.

O GML realça, assim, um ainda maior investimento em perfis de marketing digital, com a aposta em CRM, numa ótica de “fidelizar e aumentar a carteira de clientes”, salientando ainda que “toda esta conjuntura fez com que os próprios estabelecimentos tivessem de se readaptar e criar soluções”.

A escassez de perfis de CRM com experiência no setor faz com que este seja também um perfil difícil de identificar, tendo em conta que são poucas as cadeias hoteleiras que têm profissionais desta área.

Andreia Fernando, Section Manager na Hays Portugal refere que “relativamente aos perfis mais procurados, temos uma nova tendência que é a procura por perfis com funções de marketing digital, com conhecimentos em CRM”. Segundo a responsável, “minimizar as barreiras que se fizeram sentir pela COVID-19 é o principal foco e, com isso, surge a necessidade de ter uma forte presença nas redes sociais e gerir métodos de comunicação rápidos e diretos com o cliente, através de meios de marketing digital”.

Neste sentido, temos uma nova tendência que é a procura por perfis com funções de marketing digital, refere Andreia Fernando, Section Manager na Hays Portugal. Segundo a responsável, “minimizar as barreiras que se fizeram sentir pela COVID-19 é o principal foco e, com isso, surge a necessidade de criar e te ruma forte presença nas redes sociais e gerir métodos e meios de comunicação claros, rápidos e diretos com o cliente, seja através de e-mail ou sms marketing ou outras alternativas digitais”.


Tendo ainda em conta o decréscimo de número de turistas em Portugal, bem como a redução de voos pelas transportadoras aéreas, as agências de viagens sentiram um forte abrandamento no seu negócio e, consequentemente, os perfis como o de Responsável de Agência de Turismo “foi um dos menos procurados”.

Quanto ao futuro, o GML da Hays revela que se passou por “uma clara mudança de hábitos do consumidor”, com as atividades presenciais a darem lugar às digitais e as viagens internacionais reduzidas, passando a ser feitas maioritariamente dentro do próprio país.

A elevada procura por destinos no interior de Portugal, perto da natureza e afastados dos grandes centros urbanos ou, em alternativa, viagens através do aluguer de autocaravanas, “são uma tendência que deverá manter-se”, admite a Hays. Assim, “a adaptação dos negócios e estabelecimentos às circunstâncias atuais, com a aposta num serviço seguro, permitindo uma boa experiência ao consumidor será essencial”.

Sobre o autorVictor Jorge

Victor Jorge

Mais artigos
Homepage

Algarve investe seis milhões na qualificação de jovens para o setor do turismo

O investimento foi canalizado para 38 Cursos de Especialização Tecnológica (CET’s) apoiados, envolvendo quase 800 formandos e mais de 56 mil horas de formação ministradas.

Publituris

Ao longo do atual Quadro Financeiro Plurianual, iniciado em 2014, os fundos europeus geridos pelo Programa Operacional do Algarve - CRESC ALGARVE 2020 – assumiram um papel determinante na qualificação de jovens profissionais para o setor turístico na região.

O montante do investimento total foi superior a 5,94 milhões de euros, sendo o financiamento pelo Fundo Social Europeu (FSE) superior 4 milhões de euros, contribuindo para suprir a necessidade de quadros intermédios necessários à melhoria da competitividade das empresas e da economia regional.

O investimento foi canalizado para 38 Cursos de Especialização Tecnológica (CET’s) apoiados, envolvendo quase 800 formandos e mais de 56 mil horas de formação ministradas, que permitiram a qualificação profissional e pós-secundária.

Para além da formação de jovens, foi também aprovada a criação nas Escolas de Hotelaria e Turismo de um Laboratório para a produção de recursos didáticos digitais e de um Clube Ciência Viva na Escola, dedicado à Dieta Mediterrânica.

Neste contexto, e no sentido de priorizar a formação de jovens da Região no Plano de Ação “Reativar o Turismo - Construir Futuro”, as principais associações empresariais da Região do Algarve – AHETA, AIHSA, CEAL, NERA, ACRAL e Associação de Desenvolvimento do Barlavento, tiveram reunidas, por forma a preparar o plano de ação na formação profissional no Quadro Financeiro Plurianual 2021 - 2027.

Sobre o autorPublituris

Publituris

Mais artigos
Homepage

NOVA IMS reforça parcerias com Turismo de Portugal, CTP e NEST

O Turismo de Portugal, a Confederação do Turismo de Portugal e o Nest juntam-se aos grupos Pestana e Vila Galé na pós‐graduação em “Business Analytics for Hospitality & Tourism”, que arranca em setembro de 2021.

Victor Jorge

A NOVA Information Management School (NOVA IMS), da Universidade Nova de Lisboa, acaba de reforçar a sua oferta curricular, ao associar novos parceiros institucionais à pós‐graduação em “Business Analytics for Hospitality & Tourism”, que arranca em setembro de 2021.

O Turismo de Portugal, a Confederação do Turismo de Portugal (CTP) e o Nest (Centro de Inovação do Turismo) juntam‐se agora aos grupos Pestana e Vila Galé, permitindo aos alunos terem acesso a um leque cada vez mais alargado de dados reais e casos de estudo.

Esta pós‐graduação permitirá a aplicação da ciência de dados ao setor do turismo para a resolução de problemas, tomada de decisões apoiadas em métodos analíticos e compreensão dos desafios e oportunidades criados pela transformação digital no setor.

A ciência de dados permite hoje desenvolver modelos de análise que promovem uma melhor monitorização e gestão destes espaços, adotando métricas que, ao invés de apenas contabilizarem o número de visitas, avaliam de forma objetiva o valor criado por cada turista que visita Portugal.

“Este curso vem responder à necessidade de formação superior numa área fundamental ao desenvolvimento da economia nacional e tem por objetivo preparar profissionais capazes de participar ativamente no desenvolvimento e aplicação de modelos analíticos para o turismo, combinando as diversas áreas envolvidas no turismo com uma abordagem transversal da ciência de dados para as alavancar”, explica Miguel de Castro Neto, dubdiretor da NOVA IMS.

Do lado do NEST, o diretor-executivo, Roberto Antunes, admite que “o reforço da cooperação técnico‐científica entre o NEST e a NOVA IMS tem muito potencial, não apenas na colaboração para concretizar a pós‐graduação, mas adicionalmente na realização de investigação aplicada às necessidades do setor em matérias de ‘Data Science’.

A pós-graduação tem a duração de dois semestres, com início em setembro de 2021, em regime pós-laboral, (a partir das 18h30), 2 a 3 vezes por semana.

O Plano de Estudos do curso é composto por 8 unidades curriculares, das quais se destacam "Business Analytics in Tourism", "Digital Marketing" e "Smart Tourism".

Sobre o autorVictor Jorge

Victor Jorge

Mais artigos

Toda a informação sobre o sector do turismo, à distância de um clique.

Assine agora a newsletter e receba diariamente as principais notícias do Turismo. É gratuito e não demora mais do que 15 segundos.

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.