LATAM Airlines admite interesse em abrir rota Lisboa-Rio de Janeiro

Por a 4 de Fevereiro de 2020 as 12:37

A LATAM Airlines está a estudar a abertura de novas rotas em Portugal, com Cinthia Louza, sales manager da LATAM Airlines para Portugal e Espanha, a admitir que a companhia pode vir a abrir uma nova operação entre a capital portuguesa e a cidade brasileira do Rio de Janeiro.

“Pode haver novidades em abril, que é quando são divulgadas as novas rotas. Vamos ver, mas a ocupação do voo de São Paulo é bem alta e a rentabilidade é a melhor da Europa, isso pode levar a que, em breve, se coloque outro avião em Lisboa para operar para o Rio de Janeiro”, admitiu a responsável esta terça-feira, 4 de fevereiro, durante uma conferência de imprensa, em Lisboa.

De acordo com Cinthia Louza, “os números justificam” a abertura de uma nova rota para Lisboa, que poderia até ser servida pelo B767, o avião que a companhia aérea utilizava na rota entre Lisboa e São Paulo e que foi substituído esta terça-feira por um A350 de nova geração e com maior capacidade.

“Os números justificam, nem que seja com um avião menor, poderia até ficar o A350 na rota de São Paulo e o 767 na do Rio de Janeiro”, acrescentou a sales manager da LATAM Airlines para Portugal e Espanha, explicando que, além de turismo, o Rio de Janeiro tem também muito tráfego corporativo, motivos que justificam a abertura dessa ligação.

Além do Rio de Janeiro, Cinthia Louza diz que a abertura de outra ligação desde o Nordeste, a exemplo de Salvador, na Bahia, também é uma possibilidade, ainda que mais difícil, já que a ‘alimentação’ dos voos seria mais complicada apenas com Portugal, motivo pelo qual, explicou, será mais provável que a LATAM Airlines venha a abrir uma rota para Salvador desde Madrid.

“Penso que o Rio de Janeiro é mais possível, o Nordeste será mais complicado porque mesmo que seja um Lisboa-Salvador, dependemos da ‘alimentação’ da concorrência, não pode ser um voo só de Portugal, precisamos de uma porta de entrada da Europa para o Nordeste. Por isso, provavelmente, se se abrir um voo do Nordeste, talvez seja à partida de Madrid, porque existem  outras companhias aéreas que facilitam a ‘alimentação dos voos’”, explicou.

Em Portugal, a LATAM Airlines poderá ter ainda interesse a abertura de ligações entre o Porto e São Paulo, uma vez que, referiu ainda Cinthia Louza, seria possível “apanhar o tráfego das empresas do Norte e até do Norte de Espanha”, e não está descartada a abertura de um segundo voo diário para Lisboa, ainda que, para isso, a companhia precise de ter uma maior disponibilidade de aviões, nomeadamente A350.

“Para isso precisamos de outro A350 ou então acabamos misturando os aviões e temos uma inconsistência de produto que se critica na concorrência e que nós também tivemos em alguns momentos e isso não é bom para os passageiros de business, porque estes são passageiros fiéis”, acrescentou, revelando, no entanto, que a LATAM Airlines conta já com oito destes aparelhos e espera o nono para breve, devendo receber mais até 2021.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *