Crescimento do AL afetado por áreas de contenção e aumento de hotéis

Por a 30 de Janeiro de 2020 as 16:22

O alojamento local pode perder terreno para as formas “tradicionais” de alojamento em 2020, devido ao regime das áreas de contenção e ao “crescimento substancial nos hotéis”, segundo dados divulgados, esta quinta-feira, pela sociedade de mediação imobiliária CBRE.

“Este regime das zonas de contenção vai travar de uma certa forma, infelizmente, o alojamento local em zonas da cidade onde também dificilmente se cria habitação, porque tipicamente são zonas históricas de difíceis acessos e sem estacionamento que serviam na perfeição o alojamento local”, disse aos jornalistas o diretor geral da CBRE Portugal, Francisco Horta e Costa, à margem da conferência “Tendências do Mercado Imobiliário 2020”, em Lisboa.

Por outro lado, estão previstas cerca de “mais duas mil camas de hotéis em Lisboa e mil no Porto, portanto vai haver um crescimento substancial nos hotéis”, acrescentou, segundo notícia da Lusa.

De acordo com os dados da CBRE,  apresentados, “o investimento em hotéis vai estar, definitivamente, na agenda do investidor em 2020 – como já se revelava em 2019 -, podendo atingir os 1.000 milhões de euros”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *