Embratur aprovou novo estatuto

Por a 20 de Dezembro de 2019 as 10:27

O Conselho Deliberativo da Embratur aprovou esta quinta-feira, 19 de dezembro, o novo estatuto da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo, documento que vem confirmar a transformação da Embratur, passando a permitir que o organismo possa planear, formular e implementar ações de promoção do Brasil no estrangeiro.

“Com a nova Agência, o Brasil se consolida e passa a concorrer, de facto, pela busca intensiva de turistas internacionais. Este é um sonho antigo que, com a confiança do presidente Jair Bolsonaro, colocaremos nosso país na disputa internacional e competitividade turística para a propagação do Brasil no exterior”, afirmou Marcelo Álvaro Antônio, ministro do Turismo do Brasil e presidente do Conselho Deliberativo, que presidiu à primeira reunião do Conselho Deliberativo.

O diretor-presidente e secretário Executivo do Conselho Deliberativo da Embratur, Gilson Machado Neto, também reforçou a importância da transformação, considerando que, com a aprovação do estatuto, se fez “história no turismo brasileiro”.

“Também quero agradecer a confiança do presidente Jair Bolsonaro e dos membros do Conselho, parceiros fundamentais para a aprovação do novo modelo de promoção turística brasileira. Turismo gera emprego, renda e divisas para o país”, afirmou Gilson na reunião.

A reunião do Conselho Deliberativo da Embratur serviu também para eleger o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), Manoel Linhares, como vice-presidente do Conselho Deliberativo da Embratur, bem como para aprovar o manual de licitações e contratos; o orçamento para 2020 – que será de quase 650 milhões de reais (perto de 144 milhões de euros) -; o organograma da Embratur; o plano de cargos, carreiras e salários; a cessão de servidores e os contratos e a instrução normativa 01/2019, que versa sobre direitos e vantagens trabalhistas da nova Embratur.

O Conselho Deliberativo é composto por representantes da Embratur; dos Ministérios do Turismo, Relações Exteriores, da Economia, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações e do Meio Ambiente; da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH); Conselho Nacional dos Municípios (CNM); CLIA Abremar Brasil e Associação Brasileira das Operadoras de Turismo (BRAZTOA).

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *