Transavia voltou a penalizar resultados do Grupo Air France/KLM em novembro

Por a 9 de Dezembro de 2019 as 14:49
Transavia

No passado mês de novembro, as companhias aéreas do Grupo Air France/KLM transportaram mais de 7,7 milhões de passageiros, número que traduz uma subida de 1,3% face a igual mês de 2018, mas que poderia ser mais expressiva, já que a Transavia, que viu o número de passageiros cair 0,5%, penalizou os resultados globais do grupo de aviação.

De acordo com uma nota informativa do Grupo Air France/KLM – que inclui as companhias aéreas Air France, KLM e Transavia – em novembro, a Air France e a KLM transportaram 6,844 milhões de passageiros, o que indica uma subida de 1,5%, enquanto o tráfego ou RPK (que se encontra pelo número de passageiros por quilómetro voado) aumentou 4,1%, para 20,896 milhões, e a capacidade oferecida subiu 2,7%, para 24,016 milhões de lugares. Já o load factor foi de 87,6%, o que traduz um crescimento de 0,6 pontos percentuais.

Por companhias, a Air France foi responsável por transportar 4,099 milhões de passageiros, mais 1,2% que em igual mês de 2018, e viu o RPK subir 4,7%, para 12.109 milhões, enquanto a capacidade oferecida foi de 14,076 milhões de lugares, mais 3,0% que no mesmo mês de 2018. Já o load factor da companhia aérea francesa aumentou 1,4 pontos percentuais, fixando-se nos 86,0%.

Na KLM, o total de passageiros transportados em novembro chegou aos 2,745 milhões de passageiros, mais 2,0%, enquanto o RPK atingiu os 8,786 milhões, depois de um aumento de 3,2%, e a capacidade aumentou 2,4%, para 9,939 milhões de lugares. O load factor, por sua vez, foi de 88,4%, traduzindo um aumento de 0,7 pontos percentuais face a novembro do ano passado.

A Transavia, marca low cost do grupo, voltou a ser a companhia com pior performance, tal como já tinha acontecido em outubro, depois de meses de crescimentos consecutivos, registando um decréscimo de 0,5% no total de passageiros transportados, que ficaram nos 870 mil, menos cinco mil que em igual mês de 2018, enquanto o RPK desceu 1,6%, para 1,646 milhões. Já a capacidade desceu 3,1%, fixando-se nos 1,777 milhões de lugares, e o load factor atingiu os 92,6%, sendo o único indicador operacional com uma subida, depois de um aumento de 1,4 pontos percentuais.

Em novembro, as três transportadoras do grupo somaram 7,714 milhões de passageiros, o que corresponde a um aumento de 1,3%, enquanto o RPK aumentou 3,6%, para 22,542 milhões. Já a capacidade oferecida, ou ASK, aumentou 2,3%, para 25,793 milhões de lugares, e o load factor foi de 87,4%, o que indica um aumento de 1,1 pontos percentuais.

No acumulado do ano até novembro, o Grupo Air France/KLM transportou já 96,459 milhões de passageiros, o que traduz um aumento de 2,9%, enquanto o RPK chegou aos 270,541 milhões, com um aumento de 3,5%, e a capacidade aumentou 2,9%, para 305,536 milhões de lugares. Já o load factor chegou aos 88,5%, depois de aumentar 0,5 pontos percentuais.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *