Novo navio da Costa Cruzeiros presta tributo a Itália

Por a 13 de Novembro de 2019 as 14:08

O novo navio da Costa Cruzeiros, o Costa Smeralda, que vai ser entregue em final de novembro, presta tributo a Itália, país de origem da companhia de cruzeiros, oferecendo uma experiência aos passageiros ao estilo “Bel Paese” (belo país), denominação porque também é conhecida Itália.

“O Costa Smeralda presta homenagem a Itália oferecendo uma experiência completa, tal como o país. O novo navio da Costa Cruzeiros tem o nome de um dos mais belos destinos turísticos da Sardenha (“Costa Esmeralda”), e todos os seus decks e áreas públicas são nomeados e desenhados com base em lugares italianos icónicos”, destaca a Costa Cruzeiros, em comunicado.

De acordo com a companhia, o navio vai levar “os seus convidados a um verdadeiro “Grand Tour” por Itália”, que passa pelas várias cidades italianas que dão o nome a cada um dos decks do Costa Smeralda, de Palermo (deck 4) a Trieste (deck 20).

No centro, o Costa Smeralda conta com o Colosseo, uma área que se prolonga por três níveis, ao estilo de uma típica piazza italiana, onde não faltam bares temáticos e que vai acolher espetáculos de entretenimento.

Na zona da popa, o Costa Smeralda conta também com a Piazza di Spagna, uma grande escada em três decks que recria a Praça de Espanha, em Roma, contando com uma varanda ao ar livre “com fundo de vidro no convés superior que dá a impressão de voar sobre o mar”, refere a Costa Cruzeiros.

No outro extremo do navio, existe ainda a Piazza Trastevere, local onde os hóspedes “podem descontrair com experiências de degustação em bares como Bacaro Veneziano ou na Gelateria Amarillo” e que vai ter também espetáculos de entretenimento com acrobatas, grupos de teatro de rua e músicos, sendo também de destacar a Passeggiata Volare, uma passadeira panorâmica com cerca de 65 metros de altura.

O Costa Smeralda conta também com um museu a bordo, o Museu de Coleção CoDe – Costa Design, com uma área de 400 metros quadrados e curadoria de Matteo Vercelloni, que vai mostrar “a excelência do design italiano”.

A nível gastronómico, o Costa Smeralda mantém a inspiração italiana, uma vez que, dos 16 espaços de restauração existentes a bordo, quatro são restaurantes principais cuja carta inclui pratos tradicionais italianos e que vai ter o novo menu assinado pelo chef Michelin Bruno Barbieri.

“Entre as inovações está o “Tutti a tavola” para refeições em estilo familiar, além de muitas opções de entretenimento e o Ristorante LAB (Laboratorio del Gusto), um estúdio de culinária onde os hóspedes podem arregaçar as mangas e fazer o seu próprio jantar com a ajuda dos Costa Chefs. Outros destaques são a Pizzeria Pummid’Oro e a Teppanyaki”, acrescenta a Costa Cruzeiros.

O Costa Smeralda conta também com 19 bares, “incluindo bares temáticos em colaboração com parceiros italianos de prestígio, como o primeiro illy Caffè no mar, o Campari Bar, o Aperpar Spritz Bar e o Ferrari Spazio Bollicine”, refere ainda o comunicado.

A pensar no bem-estar dos passageiros, o navio inclui também o Sole Mio Spa, com salão de beleza, sauna, banho turco, piscina de talassoterapia, 16 salas de tratamento, gruta de neve, salas de sal e de relaxamento, bem como quatro piscinas, incluindo uma coberta e de água salgada, fitness center e campo polidesportivo.

“Outras atrações incluem o AcquaPark, com os seus escorregas e passeios no deck mais alto, o Lounge do Teatro Sanremo, que se transforma numa discoteca, o clube de jazz “Quelli della Notte” e a sala de jogos. As instalações para crianças e adolescentes foram completamente redesenhadas, incluindo um Baby Club para crianças com menos de 3 anos”, destaca ainda a companhia de cruzeiros.

Para alojamento, o navio oferece 2612 cabines, incluindo 28 suites, 106 cabines com terraço, 1522 com varanda, 168 cabines com vista para o mar e 788 internas, todas desenhadas ao estilo italiano pelo estúdio Dordoni Architetti, com sede em Milão.

O Costa Smeralda é o primeiro navio da Costa Cruzeiros alimentado a Gás Natural Liquefeito (GNL), o combustível fóssil mais limpo do mundo e começa a operar a 21 de dezembro, realizando itinerários de sete noites pelo Mediterrâneo Ocidental, com escala em Savona, Marselha, Barcelona, Palma de Maiorca, Civitavecchia e La Spezia.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *