TAP e Azul avançam para criar joint-venture entre o Brasil e Europa

Por a 12 de Novembro de 2019 as 10:51

A TAP e a Azul devem avançar para a criação de uma joint-venture entre o Brasil e a Europa, de forma a que seja possível coordenar horários e preços nos voos transatlânticos, segundo o portal de notícias brasileiro Mercados&Eventos (M&E), que revela que a Azul já terá mesmo apresentado o plano aos seus acionistas.

O portal M&E lembra que a criação de uma joint-venture entre a TAP e a Azul para os voos entre o Brasil e a Europa chegou a estar nos planos das duas companhias aérea em outubro de 2017, mas não chegou a avançar, uma vez que as  transportadoras optaram por estabelecer acordos de code-shares, que não terão, no entanto, sido suficientes para atingir os objetivos.

A criação da joint-venture deverá gerar também um aumento de receita para ambas as companhias, o que já levou mesmo David Neeleman, chairman e fundador da Azul, bem como acionista da TAP, a congratular-se com o acordo, que já terá sido aprovado por parte dos acionistas da companhia aérea brasileira, afirmando que a joint-venture vai permitir “uma grande sinergia entre as companhias para coordenar voos e tarifas”.

Para a TAP, acrescentou o responsável, e caso a joint-venture arranque já em 2020, vai ser possível aumentar o número de partidas até 100 por semana.

Recorde-se que a TAP conta, atualmente, com 23% dos lugares disponíveis semanalmente entre o Brasil e a Europa.

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *