AHRESP: “Faltam trabalhadores na restauração e alojamento da região de Setúbal”

Por a 7 de Novembro de 2019 as 16:08

O turismo na região de Setúbal está cada vez menos sazonal e as empresas da região estão a contratar mesmo em período de época baixa. O problema é que há falta de mão-de-obra nesta região para o setor do alojamento e restauração.

O presidente da delegação da AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, Mauro Ribeiro da Silva, afirmou esta quinta-feira, dia 7, que a “falta de mão-de-obra qualificada não responde às necessidades do Alojamento e da Restauração na região de Setúbal.

O crescente interesse turístico pelo Distrito de Setúbal tem levado a um “crescimento consecutivo das necessidades de contratação na Restauração e Alojamento, que reflete a confiança das empresas nesta atividade económica. Por outro lado, mesmo em época baixa, as empresas continuam a contratar, o que significa que estamos no bom caminho no que respeita ao combate da sazonalidade no Distrito”, considera o responsável.

O sentimento das empresas é, no entanto, de apreensão, causada essencialmente pela dificuldade em conseguir novos trabalhadores, fundamentais para o funcionamento e crescimento dos seus negócios. “Estamos apreensivos com a manutenção da qualidade da nossa oferta turística, do desenvolvimento das nossas empresas, dos seus negócios e dos seus atuais e futuros investimentos”, afirma o presidente da delegação de Setúbal, que é empresário do ramo da restauração.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *