Thomas Cook pode regressar como agência de viagens online

Por a 4 de Novembro de 2019 as 17:16

A Fosun, ex-accionista chinês do operador turístico britânico que foi declarado insolvente, adquiriu a marca Thomas Cook, com o objectivo, segundo a imprensa internacional, de fazê-la regressar ao mercado como uma agência de viagens online.
A Fosun, empresa chinesa que tinha uma participação importante no operador, anunciou que comprou o nome da empresa por 13 milhões de dólares, assim como o seu sítio na internet para comercializar viagens.

O acordo inclui também os hotéis de marca própria da empresa, Casa Cook e Cook’s Club, alguns dos quais abriram portas no início deste ano.

“O grupo sempre acreditou no valor da marca de Thomas Cook. A aquisição da marca Thomas Cook permitirá ao grupo expandir o seu negócio de turismo baseando-se no amplo conhecimento da marca de Thomas Cook e no forte impulso do grupo em expandir o seu negócio de Turismo e no forte impulso de crescimento do turismo emissor chinês” disse Qian Jiannong, presidente de grupo de turismo de Fosun.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *