Lucros da Boeing caem 95%

Por a 23 de Outubro de 2019 as 15:56

Nos primeiros nove meses do ano os lucros da Boeing sofreram uma queda de 95%, face ao mesmo período homólogo. O grupo aeronáutico norte-americano registou, até setembro,   lucros de 374 milhões de dólares (336 milhões de euros), conforme anunciou em comunicado.

A faturação caiu 19% para  58,648 milhões de dólares ( 52,694 milhões de euros) no mesmo período.  Os resultados justificam-se com os dois acidente aéreos devido a falhas de segurança dos modelos 737 MAX e que, até agora, continuam sem voar.

“A companhia assumiu que a aprovação regulatória do regresso ao serviço do 737 MAX começará no quarto trimestre de 2019 e que, gradualmente, aumentará a produção de 42 aparelhos por ano para 57 em finais de 2020”, adianta o comunicado.

Os voos a bordo de aviões Boeing 737 Max foram suspensos em março, depois da queda de um aparelho da Ethiopian Airlines sem razão aparente,  que vitimou todos os 157 ocupantes.  Já em final de 2018 se tinha registado outro acidente com um avião do mesmo modelo, da Lion Air, que causou 189 vítimas mortais.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *