Turismo concorda com criação de Ministério conjunto com Cultura

Por a 11 de Outubro de 2019 as 17:00

A  eventual criação de um ministério do turismo e cultura na próxima legislatura é uma ideia que agrada a 48% dos inquiridos do Barómetro do Turismo do IPDT.
Por sua vez 28 por cento é contra, enquanto que um quarto dos inquiridos é indiferente. O presidente do IPDT – Instituto de Turismo, António Jorge Costa, considera estes “resultados interessantes, tendo em conta a relação estreita entre turismo e cultura e as sinergias e mais valias que estes setores aportam entre si.”
Entre outros parâmetros avaliados, o nível de confiança médio no Turismo também foi analisado e, o barómetro conclui que este  atingiu, em outubro, 78 pontos, “um ligeiro acréscimo face ao último registo observado em maio de 2019”. “Os membros do painel mostram-se confiantes mas apontam o dedo à instabilidade internacional, designadamente o Brexit, o acordo Erdogan/Trump e uma possível recessão alemã, pedindo algumas cautelas no que toca a perspetivas de futuro para o setor”.
Nos próximos seis meses o painel prevê um aumento do investimento privado, a par de uma diminuição da carga fiscal e do endividamento das empresas. Por seu turno, o investimento público, a procura turística externa e a atividade turística deverão ter pior desempenho, de acordo com barómetro que inquiriu 162 profissionais do turismo em Portugal.
Segundo os dados agora divulgados, mais de 50 por cento dos inquiridos acreditam que o natal e fim de ano de 2019 vão ser idênticos ao mesmo período de 2018, no que toca a dormidas, número de turistas e receitas, tanto ao nível do mercado interno como do externo.
No que diz respeito à avaliação do verão de 2019, mais de 40 por cento dos inquiridos acreditam que o desempenho do turismo nacional tenha sido melhor no que diz respeito a número de turistas, dormidas e receitas.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *