Cláudia Monteiro de Aguiar integra júri da Capital Europeia do Turismo Inteligente 2020

Por a 8 de Outubro de 2019 as 16:25

A eurodeputada Cláudia Monteiro de Aguiar é a representante do Parlamento Europeu, pelo Partido Popular Europeu, como jurada no concurso Capital Europeia do Turismo Inteligente 2020 que decorrerá dias 7,8 e 9, em Helsínquia.

A iniciativa Capital Europeia do Turismo Inteligente foi proposta pela Comissão dos Transporte e Turismo na legislatura passada. Esta iniciativa, na sua segunda edição, pretende “reconhecer duas cidades que demonstrem ser detentoras de soluções inovadoras e inteligentes nas categorias sustentabilidade, digitalização, património cultural e criatividade e acessibilidade. Outras quatro cidades irão ser reconhecidas nas categorias individuais acima elencadas”.

Para a deputada Cláudia Monteiro de Aguiar, esta nomeação, para representar o Parlamento Europeu enquanto parte integrante do júri “representa o reconhecimento do trabalho que temos vindo a desenvolver nesta área, em termos europeus, e uma vitória para o sector no seu todo, uma vez que coloca as melhoras práticas, neste particular do Turismo Inteligente, na agenda europeia”.

Para este ano foram pré-selecionadas, por um comité de especialistas, numa primeira fase 10 cidades: Bratislava, Breda, Bremerhaven, Gothenburg, Karlsruhe, Ljubljana, Málaga, Nice, Ravenna e Torino que irão apresentar as suas candidaturas ao júri europeu, composto ainda pelo Diretor-geral para a Inovação da Comissão Europeia, Membros do Comité das Regiões e representantes das cidades vencedoras em 2019, respetivamente Helsínquia e Lyon.

Cláudia Monteiro de Aguiar destaca a importância desta iniciativa para “promover os destinos inteligentes na União, criar redes e facilitar o intercâmbio de boas práticas, dos exemplos de sucesso” lamentando, no entanto, que as “regras criadas pela Comissão Europeia impossibilitem outras cidades como é o caso das portuguesas com menos de 100 mil habitantes de apresentar uma candidatura. Ou seja, cidades do Algarve, Açores e Alentejo e muitas outras não preenchem este critério e não podem participar ou candidatar-se”.

De notar que a Eurodeputada do PSD em 2018 já tinha demonstrado esta preocupação e interpelado a Comissão Europeia.

Cláudia Monteiro de Aguiar “compromete-se ao longo desta iniciativa levantar novamente esta questão de forma a que esta iniciativa possa, de futuro, abarcar um maior número de cidades europeias, estando assim a defender também a possibilidade de mais cidades portuguesas com um valor turístico indiscutível, poderem participar”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *