Assine já

Vídeo Air Canada 01

Brand SHARE

Vídeo Air Canada 01

Brand SHARE
Sobre o autor
Brand SHARE
Artigos relacionados

Artigos relacionados

COVID 19 – O que a Air Canada está a fazer sobre isso?

A Air Canada emitiu um comunicado a todos os seus parceiros.

Brand SHARE

“Caros parceiros,

 As mudanças na aviação sempre ocorreram rápidamente e agora não está sendo diferente. É importante sermos ágeis e respondermos com eficácia aos acontecimentos mundiais, mantendo o nosso compromisso com os clientes de oferecer sempre um serviço seguro e confiável.

 Continuamos a monitorizar o impacto global na evolução do novo coronavírus (COVID-19), mantendo constante diálogo com as autoridades sanitárias canadianas e internacionais. Na Air Canada, o nosso principal foco é sempre a segurança dos nossos funcionários e dos passageiros. Partilhamos convosco o que temos feito para manter esse compromisso.

  • No aeroporto: Estamos a disponibilizar desinfetantes para as mãos em pontos estratégicos, como balcões de check-in, portões de embarque e nas nossas áreas de espera. Também temos lembretes constantes sobre a importância da lavagem das mãos.
  • Antes de um voo: se um passageiro ao embarcar não se está a sentir bem, os nossos agentes estão treinados para uma abordagem correta quanto à saúde do passageiro, podendo incluir consultas com o nosso próprio serviço de assistência médica e/ou com um provedor de saúde externo. Se não estiverem em condições de viajar, serão impedidos.
  • Durante o voo: os nossos aviões são equipados com filtros de alta eficência High Efficiency Particulate Air (HEPA) que capturam efetivamente 99,9% das partículas recirculadas por ar na cabine da aeronave. Isso inclui organismos microbianos, como bactérias e vírus. Esses filtros são semelhantes aos usados ​​em quartos de hospitais e arrefecem o ar da cabine a cada 2 ou 3 minutos.
  • Após cada voo: os coronavírus são facilmente removidos pela limpeza e desinfecção de rotina da superfície. A Air Canada usa produtos de limpeza, como desinfetantes de nível hospitalar, que possuem uma atividade microbiana de amplo espectro e provaram ser eficazes contra os coronavírus humanos.
  • Leia mais sobre  medidas preventivas da Air Canada*

Como provavelmente já devem saber, também suspendemos temporariamente ou reduzimos o serviço* para áreas mais afetadas, como República Popular da China, Hong Kong, Coréia do Sul e Itália. Continuamos a ajustar os nossos itinerários conforme a procura do mercado e, nesta semana, adiámos os lançamentos ou estendemos a suspensão temporária de várias rotas, aquí pode encontrar a lista completa *

Hoje, anunciámos uma política flexível de remarcação para reservas existentes*, que permite uma troca única e gratuita. Também queremos dar mais liberdade ao viajar e que reservem com confiança, por isso também estamos prescindir das multas por alteração*. Veja os detalhes  em www.aircanada.com*.

Continuamos a ser impactados pela incerteza contínua causada pela aeronave Boeing 737 MAX*. Para proporcionar aos nossos passageiros confiança ao efetuar suas reservas para o verão, nesta semana removemos o avião da nossa programação de voos até 8 de setembro de 2020. Como sempre, estamos a trabalhar em estreita colaboração com os reguladores da aviação para garantir um retorno seguro ao serviço do Boeing 737 MAX.

Estejam certos que as nossas equipas de experientes executivos sempre reagirão rápidamente aos desafíos, como intuito continuo de oferecer um serviço de alta qualidade aos nossos clientes.

Estou neste ramo há 33 anos e já pasamos juntos por muitos desafíos. Para aqueles que conheço pessoalmente e para todos os outros que espero conhecer em breve, o meu agradecimiento sincero pelo vosso compromisso com nossos clientes e a vossa confiança na Air Canada.

Manteremos todos informados sobre a nossa empresa e as nossas decisões. Em caso de dúvida, entre em contato com alguém da equipa de vendas da Air Canada.

Muito obrigada,


Lucie Guillemette
Vice Presidente Executiva e Diretora Comercial, Air Canada”

Estes conteúdos de Brandshare são da exclusiva responsabilidade da Air Canada.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Air Canada prescinde da cobrança de penalizações

A Air Canada está a isentar a cobrança de penalizações por alterações para dar aos seus clientes mais liberdade de escolha ao viajar.

Brand SHARE

Se o cliente comprar uma passagem entre 4 e 31 de março de 2020, a Air Canada permite que uma alteração do voo sem cobrança de multa, desde que a remarcação seja feita até 14 dias antes da viagem.

A isenção da multa para remarcação aplica-se apenas uma vez, para:

  • Bilhetes com numeração 014
  • Para todos os tipos de tarifas
  • Para todos os destinos
  • Para remarcação de viagem a ser concluída no prazo de um ano a contar da data de emissão do bilhete original, definida na remarcação da reserva.

Os clientes podem cancelar os seus voos e utilizar o valor do bilhete não utilizado para compra de um novo bilhete no prazo de 12 meses, contados a partir da data de emissão do bilhete original. No entanto, a multa de alteração bem como a diferença de tarifa (se aplicável) será cobrada quando efectuar nova reserva.

Informações detalhadas na página dedicada aircanada.com (apenas em inglês).

Estes conteúdos de Brandshare são da exclusiva responsabilidade da Air Canada.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Air Canada mantém aposta no mercado português

Já se encontram disponíveis em GDS os voos para 2020.

Brand SHARE

Já se encontram disponíveis em GDS os voos para 2020 com a Air Canada à partida de Lisboa e Porto para Toronto e de Lisboa para Montreal, a bordo do Boeing 767-300 da Air Canada Rouge, com 24 lugares em Premium Economy e 258 lugares em classe Económica.
O voo AC 1917 inicia a operação a partir de 29 de Março, com 6 frequências semanais do aeroporto Humberto Delgado em Lisboa, com partida às 12h50, durante o mês de Abril , que pasa a diário em Maio.
O voo 1961 partirá de Lisboa com destino a Montreal pelas 11h10 a partir do dia 30 Maio, assegurando 4 frequências semanais até final de Outubro.
À partida do Porto , o voo 1959, irá assegurar 4 frequências semanais entre o aeroporto Sá Carneiro e o aeroporto Pearson Internacional de Toronto.

Estes conteúdos de Brandshare são da exclusiva responsabilidade da Air Canada

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Air Canada celebra a chegada do seu primeiro Airbus A220

Continuando o seu programa de modernização da frota, a Air Canada dá as boas vindas ao seu primeiro A220.

Brand SHARE

A Air Canada revelou hoje o mais novo membro da sua frota, o Airbus A220-300, na presença de funcionários e convidados especiais na sede da companhia aérea em Montreal. Construída em Mirabel, Quebec, a aeronave desenhada pela Bombardier continua a modernização da frota da Air Canada. O design de última geração e a cabine do A220 estão destinados a ser extremamente populares entre os clientes, e esta nova aeronave também ajudará a Air Canada a reduzir a sua pegada de carbono, através de uma redução de 20% no consumo de combustível por assento.

O primeiro voo comercial partiu de Montreal para Calgary,  a 16 de Janeiro, oferecendo aos clientes um interior moderno e espaçoso na nova cabine.

“Este é um momento histórico para a Air Canada, ao darmos as boas-vindas ao Airbus A220 na nossa frota. Somos a primeira companhia aérea do Canadá a operar esta aeronave de próxima geração, desenhada pela Bombardier em Mirabel, Quebec. Os nossos clientes vão desfrutar de um nível de conforto incomparável numa aeronave de corredor único e a eficiência operacional do A220 promete benefícios ambientais e de custo significativos. A chegada do primeiro dos 45 A220 encomendados, com um valor de tabela de 3,8 biliões de dólares no momento em que foi realizado, ressalta a nossa contribuição para a indústria aeroespacial do Canadá e a sua economia,” disse Calin Rovinescu, Presidente e CEO da Air Canada.

Mais informações sobre este artigo aqui
Estes conteúdos de Brandshare são da exclusiva responsabilidade da Air Canada.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Air Canada com a única rota directa entre Montreal e São Paulo

Já está a operar a nova rota directa entre Montreal e São Paulo, com 3 voos semanais até 27 de Março.

Brand SHARE

Já está a operar a nova rota directa entre Montreal e São Paulo, com 3 voos semanais até 27 de Março.

“Estamos muito satisfeitos em celebrar o inicio histórico deste serviço non-stop entre Montreal e o Brasil, marcado pelo lançamento do novo voo internacional com destino a São Paulo.

“Complementando os nossos serviços de Toronto, os novos voos de Montreal fornecem outra ligação conveniente para a maior cidade e centro financeiro do Brasil, oferecendo uma ótima oportunidade para os brasileiros desfrutarem de umas férias de inverno excepcionais no Quebec. São Paulo é um dos 13 novos destinos internacionais adicionados pela Air Canada a partir do aeroporto de Montreal-Trudeau desde 2017, reforçando ainda mais a nossa contínua transformação de Montreal num hub internacional competitivo. A rota Montreal-Brasil também ressalta a expansão estratégica da Air Canada para a América do Sul, com novos voos que foram lançados de Toronto para Quito dia 8 de Dezembro e, a começar já no próximo verão, de Montreal para Bogotá,” disse Mark Galardo, Vice Presidente, planeador de rede na Air Canada.

Os voos serão operados pelo Boeing 787-9 Dreamliner, com uma configuração de 298 assentos, com a Air Canada Signature Class, serviço Premium Economy e Economy Class, com entretenimento de alta definição individual que oferece uma ampla variedade de filmes, curtas-metragens , programas de TV e seleções de áudio em todos os lugares da aeronave.

Além disso, as criações premiadas do menu do Chef Antonio Park, de Montreal, com inspiração sul-americana, são apresentadas como uma opção para refeições na classe Signature. As suas opções de menu também estarão disponíveis no Maple Leaf Lounge Internacional de Montreal, bem como nos voos Toronto-São Paulo Signature Class.

Mais informações sobre este artigo aqui

Estes conteúdos de Brandshare são da exclusiva responsabilidade da Air Canada.

 

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Air Canada fornece actualizações sobre as operações do Boeing 737 MAX

A Air Canada afirmou hoje que retirou o Boeing 737 Max das suas operações até 30 de Junho de 2020.

Brand SHARE

A Air Canada afirmou hoje que retirou o Boeing 737 Max das suas operações até 30 de Junho de 2020. A decisão é baseada em considerações operacionais após o anúncio da Boeing.Co, que agora estima que o 737 MAX permanecerá em terra pelos reguladores até meados de 2020.

A companhia aérea está a retirar da sua operação este modelo da Boeing, de forma a fornecer segurança aos seus clientes ao planear e reservar as suas viagens. Isto irá também permitir que a companhia faça a gestão das frequências e frota com maior eficiência, enquanto aguarda a decisão dos órgãos reguladores internacionais e canadianos no regresso do 737 MAX em segurança ao serviço.

Os clientes afectados por estas alterações, serão avisados dos seus novos itinerários e quais as melhores ofertas de opções de viagem.

Mais informações sobre este artigo aqui

Estes conteúdos de Brandshare são da exclusiva responsabilidade da Air Canada.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Air Canada e a 4ocean juntas em defesa dos oceanos

A 4ocean, primeira comunidade de limpeza da costa Canadiana, apoiada pela Air Canada, juntou mais de 3.200 objectos poluentes do oceano.

Brand SHARE

A 4ocean, primeira comunidade de limpeza da costa Canadiana, apoiada pela Air Canada, juntou mais de 3.200 objectos poluentes do oceano.

Mais de 345 voluntários, incluindo funcionários da Air Canada, fizeram parte da primeira limpeza pública patrocinada pela companhia no Garry Point Park, na Columbia Britânica.

Em poucas horas os seguintes, foram removidos da costa:

29 copos de plástico, 1374 pedaços de esferovite, 48 garrafas de plástico, 173 tampas de garrafas, 481 sacos de plástico, 32 talheres de plástico, 159 palhinhas, 931 beatas de cigarro, 1 pneu, para-choque de um automóvel, 2 espreguiçadeiras.

Até agora, a Air Canada disse #BonVoyagePlastic a 36.8 milhões de objectos de plástico de uso único em 2019, mudando de agitadores de plástico a bordo para madeira sustentável, eliminado gradualmente os invólucros de plástico dos kits de amenities e dos pacotes infantis.

Mais informações sobre este artigo aqui

Estes conteúdos de Brandshare são da exclusiva responsabilidade da Air Canada.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Calin Rovinescu, da Air Canada, empossado em 2020 no ´Business Hall of Fame’ Canadiano

O JA Canada e o ‘Business Hall of Fame’ Canadiano anunciaram que o Presidente e Chefe Executivo, Calin Rovinescu será empossado como ‘Companion’ em 2020.

Brand SHARE

O JA Canada e o ‘Business Hall of Fame’ Canadiano anunciaram que o Presidente e Chefe Executivo, Calin Rovinescu será empossado como ‘Companion’ em 2020.

“As conquitas excepcionais nos negócios e liderança de Calin, foram reconhecidas por várias organizações influentes no Canadá e no mundo. O seu comprometimento em fazer do Canada um lugar melhor começa com a sua incansável determinação e visão de longo prazo na criação de uma empresa global sustentável e em constante melhoramento, que se torna uma base sólida de retribuição à sociedade. Através da supervisão de Calin das iniciativas da Air Canada em defender a diversidade, orientação para jovens, investir em tecnologias de futuro para reduzir o impacto ambiental, avançar com programas de caridade que se concentram em ajudar as crianças e melhorar a sua saúde, além de suas contribuições pessoais para bolsas de estudo e pelo seu papel como Chanceler da Universidade de Otava, é mais adequado dizer que as suas realizações de excelência nos negócios e contribuições para causas sociais canadianas tenham rendido a Calin outra grande honra como participante do ‘Hall of Fame Canadiano’ em 2020 “, disse Annette Verschuren, membro do Conselho de Administração da Air Canada.

Mais informações sobre este artigo aquiEstes conteúdos de Brandshare são da exclusiva responsabilidade da Air Canada.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Concluída a instalação da ligação via satélite na frota da Air Canada Rouge

A Air Canada concluiu a instalação da ligação via satélite na frota da Air Canada Rouge

Brand SHARE

A Air Canada anunciou que a ligação Rouge Wi-fi de alta velocidade via satélite, fornecida pela Gogo está agora disponível em toda a frota da Air Canada Rouge composta por 65 aeronaves que voam em toda América do Norte.

“Os clientes podem agora aceder à ligação Rouge Wi-fi de alta velocidade nos seus próprios dispositivos, sempre que estejam a bordo de uma aeronave da Air Canada Rouge em qualquer parte do mundo, dando a todos a oportunidade de estarem conectados ao email, navegar na internet ou fazer streaming dos seus filmes e séries favoritos da Netflix ou Youtube. Estamos entusiasmados por agora oferecer opções de wi-fi rápidas e fiáveis a bordo de todas as aeronaves Rouge, dando resposta ao aumento do número de clientes que procuram internet a bordo”, disse Andrew Yin, Vice Presidente de Produto da Air Canada.

Os clientes podem escolher entre uma selecção de pacotes de Wi-fi que satisfaçam as suas necessidades com preços a começar nos $8.50 CAD, ligando-se simplesmente à rede ‘Rouge Wi-fi’ a bordo e seguindo as instruções.

Além da frota da Air Canada Rouge, o wi-fi via satélite está disponível em todos os Boeing 777, na maior parte dos Boeing 787 e Airbus A330 da Air Canada com o restante a ser concluído no início de 2020. A ligação wi-fi da Air Canada está também disponível em toda a frota principal ‘narrow body’ e na frota Air Canada Express Embraer 175 e Bombardier CRJ-900. A nova frota Airbus A220, a qual começa a ser entregue até ao final de 2019, já vem equipada com este sistema wi-fi por satélite.

Mais informações sobre este artigo aqui

Estes conteúdos de Brandshare são da exclusiva responsabilidade da Air Canada.

 

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Air Canada anuncia novas rotas e serviços transfronteiriços para os EUA no próximo verão

A Air Canada terá novas rotas e serviços transfronteiriços desde Montreal, Calgary e Vancouver para o EUA

Brand SHARE

Air Canada anunciou uma nova rota sazonal de verão entre Nashville e Montreal, a única ligação directa sem escalas entre estas duas cidades, que irá começar em Junho.

Outras das novidades avançadas foram mais duas novas rotas de verão e serviços acrescentados para os principais destinos desde Montreal, Calgary and Vancouver.

Os novos voos diários e sem escalas que ligam Montreal e Nashville, Calgary e Boston, bem como a introdução de um segundo voo diário entre Vancouver e Newark, vão aumentar o leque de opções e a comodidade dos clientes ao viajar entre ambos os países, a partir de Junho.

“Estas novas rotas para Nashville e Boston, os únicos serviços non-stop disponíveis, estão em linha com a nossa estratégia de longo prazo para expansão global. Sendo a maior transportadora estrangeira nos EUA, estes destinos foram escolhidos com base na força da rede norte americana da Air Canada, permitindo tempos de viagem mais rápidos entre o Canadá e duas das economias com mais rápido crescimento nos EUA. Os clientes poderão tirar vantagem das várias oportunidades de conexão entre os extensos mercados doméstico e o global,” disse Mark Galardo, Vice Presidente da Rede de Planeamento da Air Canada.

Mais informações sobre este artigo aqui

Estes conteúdos de Brandshare são da exclusiva responsabilidade da Air Canada.

Sobre o autorBrand SHARE

Brand SHARE

Mais artigos

Navegue

Sobre nós

Grupo Workmedia

Mantenha-se conectado

©2021 PUBLITURIS. Todos os direitos reservados.