Pequim já inaugurou maior aeroporto do mundo

Por a 26 de Setembro de 2019 as 16:53

A capital chinesa inaugurou esta quarta-feira, 25 de setembro, o Aeroporto Internacional Daxing, o maior aeroporto do mundo, que conta receber 72 milhões de passageiros por ano até 2025, ainda que possa chegar aos 100 milhões de passageiros em 2040, segundo informação avançada pela imprensa internacional.

Localizado a cerca de 45 quilómetros do centro de Pequim, no extremo sul da cidade, o novo aeroporto tem a forma de uma estrela do mar e conta com o maior terminal do mundo, numa área total de 700 mil metros quadrados, o equivalente a 97 campos de futebol, repartidos por cinco andares.

O aeroporto foi construído ao longo de cinco anos e dispõe de sete pistas, o que lhe permite realizar cerca de 300 movimentos por hora, contando ainda 78 portas de embarque e uma extensa área comercial, resultando de um investimento superior a 13 mil milhões de dólares (cerca de 15 mil milhões de euros).

Mas o novo aeroporto de Pequim distingue-se também pela tecnologia de ponta que utiliza, a exemplo do reconhecimento facial, num sistema omnipresente que dispensa a apresentação de cartões de identidade em todo o processo, desde o check-in ao embarque. Para facilitar a deslocação dos passageiros, foi também construída uma estação ferroviária subterrânea de alta velocidade

Numa fase inicial, a infraestrutura vai ter baseadas 16 companhias aéreas, a exemplo da British Airways, Finnair, American Airlines e Cathay Pacific, que já confirmaram a operação no novo aeroporto, oferecendo um total de 116 rotas, 15 das quais internacionais.

A partir do próximo mês, o novo aeroporto de Pequim passa a ser também a casa da Beijing Capital Airlines, a companhia aérea chinesa que opera a rota de Lisboa para Xi’an, via Pequim, cuja escala na capital chinesa passa a ser feita no Aeroporto Internacional Daxing.

A inauguração do novo aeroporto decorreu na presença do presidente chinês, Xi Jinping, a poucos dias do 70.º aniversário da fundação da República Popular da China, que se comemora a 1 de outubro.

Com a entrada em funcionamento do novo aeroporto, Pequim passa a contar com dois aeroportos internacionais, já que o Pequim Capital, que tinha já ultrapassado a sua capacidade, se vai manter em funcionamento. Encerrado será o aeroporto Nanyuan, o mais antigo aeroporto chinês, que estava em funcionamento desde 1910.

 

Um comentário

  1. Rodrigues

    3 de Outubro de 2019 at 20:51

    É de parabenizar o desenvolvimento arquitetônico e financeiro e acadêmico; e é com tristeza que alguns países não seguem o mínimo do bom exemplo que está potência faz o seu belo desfile.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *