Governo aprova Programa Revive Natureza que identifica 96 imóveis

Por a 5 de Setembro de 2019 as 14:04

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o decreto-lei  que cria o Programa Revive Natureza para a promoção da recuperação de imóveis públicos devolutos inseridos em património natural.
Segundo comunicado do CM, “foram identificados 96 imóveis que serão integrados num Fundo Imobiliário Especial, que vai organizar e promover a sua reabilitação e exploração turística. Esta lista inicial de imóveis é composta, na sua maioria, por antigas casas de guardas florestais e antigos postos fiscais”.
À semelhança do que já acontece com o Programa Revive, o Governo pretende que “esse património seja colocado em uso para fins relacionados com a atividade turística, funcionando desta forma como instrumento de desenvolvimento regional e de coesão territorial”.
“O Turismo de Natureza é um dos segmentos que regista um maior crescimento da procura internacional e enquadra-se nos objetivos de promoção de um turismo sustentável que aproveite as características ecológicas, geológicas e culturais de cada área natural”, lê-se no mesmo documento.
Para a Secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, “é uma grande conquista para Portugal transformar estes imóveis sem uso em verdadeiros instrumentos de dinamização do território, e assim posicionar Portugal como um destino de referência em turismo sustentável”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *