Costa Cruzeiros reforça oferta no Mediterrâneo no inverno 2020/2021

Por a 28 de Agosto de 2019 as 10:45

A Costa Cruzeiros vai reforçar a sua oferta para o Mediterrâneo no inverno 2020/2021, lançando dois novos itinerários de 14 noites, que marcam o regresso da companhia de cruzeiros a Israel e à Turquia, e com a chegada dos navios Costa Smeralda e Costa Toscana, que também vão operar no Mediterrâneo.

De acordo com um comunicado da Costa Cruzeiros, os dois novos itinerários de 14 noites vão ser operados pelo navio Costa Fortuna, com o primeiro dos quais a decorrer entre 6 de dezembro de 2020 e 7 de fevereiro de 2021, à partida de Savona e com escalas em Marselha, Barcelona, Heraklion (Grécia), Izmir (Turquia), pernoitando em Istambul, para prosseguir com destino a Atenas, Palermo e Nápoles.

Já o segundo itinerário que o Costa Fortuna vai realizar no inverno 2020/2021 decorre entre 10 de janeiro e 7 de março de 2021, também à partida de Savona, mas com escalas em Marselha, Barcelona e Heraklion (Grécia), com escala noturna em Haifa (Israel), para seguir com destino a Kusadi (Turquia), Palermo e Nápoles.

“Além disso, durante a temporada de inverno, o Costa Fortuna irá realizar itinerários de uma semana no Mediterrâneo ocidental com visita a Veneza”, acrescenta ainda a companhia de cruzeiros na informação divulgada.

Mas a oferta da Costa Cruzeiros no Mediterrâneo vai também aumentar devido à chegada do Costa Smeralda e do Costa Toscana, os novos navios que a companhia tem em construção no estaleiro naval Meyer, em Turku, na Finlândia, e que, depois de serem entregues à Costa Cruzeiros, vão operar no Mediterrâneo Ocidental.

No caso do Costa Smeralda, cuja entrega à Costa Cruzeiros está agendada para os próximos meses, está previsto que o navio comece a realizar itinerários de uma semana pelo Mediterrâneo Ocidental já a partir de novembro, tal como vai fazer o Costa Toscana, que chega em 2021.

“Os dois barcos representam a verdadeira inovação e avanço tecnológico, alimentados por sistemas de gás natural liquefeito (GNL), o combustível fóssil mais limpo do mundo, tanto no porto como no mar, o que irá contribuir para minimizar o impacto ambiental”, destaca ainda a Costa Cruzeiros.

Paralelamente, a Costa Cruzeiros anunciou também que o Costa Firenze, navio que se destina ao mercado asiático e que está a ser construído no estaleiro Fincatieri, em Marghera, Itália, vai ser entregue à companhia mais cedo que o previsto, a 30 de setembro de 2020, o que, segundo a Costa Cruzeiros, levou a uma alteração de planos quanto à operação deste navio.

“Com o objetivo de responder à crescente procura dos passageiros chineses e asiáticos, o Costa Firenze irá operar na China, estando a sua entrega definida para 30 de setembro de 2020. Esta data marcará uma alteração ao que estava inicialmente programado para o Costa Firenze, com a previsão de operar no Mediterrâneo em outubro do próximo ano”, explica a Costa Cruzeiros.

Com estas alterações, no inverno de 2020/21, o Costa Mediterranea vai substituir o Costa Fortuna, realizando itinerários à partida de Singapura, com escalas no Camboja, Malásia e Tailândia

“Além disso, haverá também alterações na programação do Costa Victoria após 9 de setembro de 2020, e do Costa Luminosa, durante o inverno de 2020/21, cujas reservas já estão esgotadas”, lê-se ainda no comunicado da Costa Cruzeiros, que está já a informar as agências de viagens sobre as alterações, “com o objetivo de garantir soluções alternativas”.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *