Torres Vedras recebe Festival Novas Invasões

Por a 26 de Agosto de 2019 as 10:37

De 29 de agosto a 1 de setembro, Torres Vedras volta a receber o Festival Novas Invasões, iniciativa que promete transportar os visitantes até à época das Invasões Francesas, quando as Linhas de Torres foram fundamentais para a derrota de Napoleão, segundo comunicado enviado à imprensa pela Câmara Municipal de Torres Vedras, que organiza o evento.

O Festival Novas Invasões propõe quatro dias de animação e recreações históricas, arrancando na próxima quinta-feira, 29 de agosto, pelas 18h30, com uma cerimónia de abertura que inclui um percurso performativo, com início no Forte de S. Vicente até ao Mercado Oitocentista, que vai estar instalado no Largo de São Pedro.

O Mercado Oitocentista é uma das principais atrações do evento e consiste, segundo comunicado da Câmara Municipal de Torres Vedras, “numa recriação histórica que será expressão da atividade humana do tempo das Invasões Francesas”.

“O Mercado recria o quotidiano do tempo das famosas Invasões Francesas, com artesãos a trabalhar in situ, tabernas típicas da época, muitos espaços de partilha e animação diária”, explica a autarquia.

No Mercado Oitocentista está também incluída animação, já que está prevista a atuação dos grupos musicais Albaluna (quinta-feira às 20h30), Gaiteiros da Freiria e Rufos e Roncos (com arruadas ao longo dos vários dias) e com a realização do segundo Encontro de Gaiteiros de Torres Vedras, com uma arruada no sábado, a partir das 15h00, sem esquecer os ranchos folclóricos e etnográficos “Flores do Oeste”, “Os Camponeses do Varatojo” e do Rancho Folclórico “Os Rurais do Furadouro”.

No sábado, pelas 17h00, há ainda um workshop de danças tradicionais alemãs, orientado por Carlos Pedro Lopes, iniciativa inserida no projeto Baile Gaiteiro que, no sábado, às 21h00, promete ser um momento para bailar à moda oitocentista, celebrando o espírito universalista do Festival Novas Invasões.

O Festival Novas Invasões disponibiliza também um carrossel artesanal e jogos tradicionais de época, estando ainda previstos cortejos de abastecimento ao Castelo, que vão levar vários animais a beber água na sexta, sábado e domingo, a partir das 18h00, com início no Mercado Oitocentista.

Ao longo dos quatro dias do evento, as recriações históricas vão suceder-se, decorrendo no Castelo e no Forte de São Vicente, com destaque para os Jantares com Recriadores, que vão proporcionar ceias oitocentistas, nas quais a restauração local promete recriar ementas de outrora, sendo os jantares animados com música, dança e boa disposição.

Já no Forte de São Vicente decorrem os almoços no acampamento, outra viagem no tempo, que também contempla jogos tradicionais, demonstrações do funcionamento do telégrafo de Ciera e de armamento, escaramuças, danças oitocentistas e manobras militares.

No dia 1 de setembro, o Festival Novas Invasões encerra com o Cortejo das Luminárias, um percurso entre o Largo de S. Pedro e o Parque do Choupal, que terá como ponto alto a revelação do país “invasor” convidado da próxima edição.

O evento é organizado em parceria com várias associações culturais do concelho de Torres Vedras e vendo sendo desenvolvido desde 2010, aquando das comemorações do bicentenário das Linhas de Torres, uma estrutura defensiva constituída por 177 fortes e redutos que impediu as tropas francesas de Napoleão Bonaparte de invadirem Lisboa em 1811.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *