Acionistas da Transat aprovam venda à Air Canada

Por a 26 de Agosto de 2019 as 12:11

O acordo para a venda da Transat A.T. Inc., empresa que detém a companhia aérea Air Transat, à Air Canada foi aprovado, na semana passada, por 95% dos acionistas da empresa, que deram luz verde à aquisição das ações da Transat A.T. Inc. pela maior companhia aérea do Canadá.

A aprovação decorreu na semana passada, após uma reunião especial dos acionistras da Transat A.T. Inc., que aprovaram o negócio, que fica agora apenas dependente das autoridades da concorrência canadianas, esperando-se que, caso a resposta seja igualmente positiva, a aquisição seja concluída no início de 2020.

“Estamos encantados com o resultado da reunião especial da Transat e agradecemos aos acionistas por esta inegável demonstração de apoio”, afirma Calin Rovinescu, presidente e CEO da Air Canada, garantindo que o objetivo deste negócio passa por formar uma “companhia aérea maior do que a soma das suas partes”.

Recorde-se que o acordo alcançado prevê que a Air Canada pague 13 dólares por cada ação da Transat, num negócio avaliado em 520 milhões de dólares, que teve início em abril, depois de ser conhecido o interesse da maior companhia aérea canadiana na Transat.

Em maio, ambas as empresas assinaram uma carta de intenções, que definia um período de exclusividade para que as diligências fossem finalizadas e, no final de junho, o Conselho de Administração da Transat aprovou o negócio por unanimidade, recomendando aos acionistas da empresa que aceitassem vender as suas ações à Air Canada, proposta que foi agora aprovada por 95% dos acionistras da Transat.

A Air Transat transporta cerca de cinco milhões de passageiros por ano e voa, atualmente, para 60 destinos em mais de 25 países no continente americano e Europa, incluindo Portugal.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *