TAP estende ponte aérea a Madrid em 2020

Por a 13 de Agosto de 2019 as 16:40

A TAP vai contar com novidades na ponte aérea em 2020, passando a ligar também Lisboa e o Porto a Madrid, capital espanhola, de acordo com o plano de rota da companhia aérea de bandeira nacional para o próximo ano, anunciado esta terça-feira, 13 de agosto.

“A TAP continuará a investir na sua operação e são muitas as novidades previstas já para o verão do próximo ano”, indica a TAP num comunicado enviado à imprensa, onde se lê que, em 2020, está prevista a manutenção da aposta nos EUA e no Brasil, bem como um alargamento da ponte aérea a Madrid, enquanto os voos para London City vão ser abandonados.

No que diz respeito à ponte aérea, a companhia vai criar uma nova ligação entre a capital portuguesa e a espanhola, assim como entre o Porto e Madrid, que vai contar com seis frequências diárias, o que, segundo a TAP, representa “mais que o dobro da oferta atual”.

Relativamente aos EUA, a TAP vai duplicar, em 2020, as ligações a Nova Iorque, passando a contar com quatro voos diários Lisboa-Nova Iorque, Lisboa-Newark e Porto-Newark, passando este último a ser diário. Já Miami vai contar com 10 voos por semana, em vez das atuais sete ligações , enquanto “as novas rotas de Washington D.C. e Chicago passarão a contar com voos diários”, avança a TAP.

No Brasil, os planos da TAP passam por introduzir voos no novo avião A321LR, prevendo também o reforço de frequências para as cidades de Natal e de Belém, que crescem de três para cinco voos por semana para cada um dos destinos.

No Porto, além das novidades já referidas, a TAP vai suspender os voos para Barcelona e Lyon, que, segundo a companhia, contam com “ampla oferta da concorrência”, sendo a capacidade destas ligações colocada na ponte aérea para Madrid, no aumento de ligações entre o Porto e o Funchal, que passa a contar com mais um voo diário no novo avião Airbus A321neo Long Range, nos voos entre o Porto e Newark e ainda na quarta frequência semanal Porto-São Paulo. Já a ponte aérea entre Lisboa e Porto ganha mais uma frequência diária face ao verão de 2019.

Em Lisboa, a TAP tem também planos para terminar as ligações a Estugarda, Colónia e Basileia, cuja capacidade será redirecionada para a ponte aérea até Madrid, assim como para uma nova rota para Santiago de Compostela, além do reforço de outras ligações, como os voos para Barcelona, que passam de seis para sete ligações diárias, mas também Sevilha, que vai contar com quatro voos diários, mais um que este verão. Já Bilbau, Valência e Málaga passam de dois para três voos diários.

Na capital, a TAP vai ainda aumentar a rota para Casablanca, em Marrocos, que passa a contar com mais uma ligação diária, enquanto a nova rota para Telavive passa de um para dois voos por dia. Já Moscovo vai contar com voos a bordo do novo avião A321LR.

Entre os planos da TAP para 2020, está também a suspensão da operação para London City, no Reino Unido, decisão que a companhia aérea de bandeira nacional justifica com as “incertezas de procura por parte dos clientes, associada ao Brexit, e pelos resultados abaixo do esperado nesse mesmo mercado”. Apesar do fim dos voos para London City, a TAP vai aumentar a capacidade nas outras ligações à capital britânica, nos períodos de maior procura.

A TAP vai ter também novidades em África, já que a companhia vai colocar novos aparelhos A330neo nos voos de Luanda e Maputo, novidade que deverá entrar em vigor ainda este ano, a partir de outubro no caso de Luanda, e até ao final do ano para a capital moçambicana.

Apesar da intenção, o “plano de rota da TAP para 2020 está naturalmente sujeito à obtenção de slots”, lembra a companhia aérea, indicando que o processo de atribuição de slots se inicia este mês de agosto.

 

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *