ANA garante que não vai faltar combustível nos aeroportos durante greve

Por a 5 de Agosto de 2019 as 14:51

A ANA – Aeroportos de Portugal confia que os serviços mínimos vão garantir o abastecimento de combustível aos aeroportos nacionais e impedir que existam voos cancelados durante a próxima greve dos motoristas de matérias perigosas, que arranca a 12 de agosto. Ainda assim, já há planos de contingência preparados.

“A ANA, as companhias aéreas e os outros atores do setor têm planos para mitigar as consequências de todo o tipo de contingências”, assegurou fonte da empresa que gere os aeroportos nacionais ao Negócios.

A ANA – Aeroportos de Portugal prefere manter os planos de contingência em segredo, “pela natureza, e para garantir a sua eficiência”, justifica a mesma fonte ANA – Aeroportos de Portugal.

Também o Governo tem um plano de contingência preparado, tal como o secretário de Estado da Energia, João Galamba, já tinha garantido em julho, em entrevista à TSF, quando disse que o executivo se comprometia a criar as “condições para, se necessário, montar um sistema logístico alternativo de distribuição de combustíveis no caso de não haver o cumprimento de serviços mínimos”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *