Voos da Beijing Capital Airlines vêm completar nova Rota da Seda

Por a 22 de Julho de 2019 as 14:47

A Beijing Capital Airlines vai voltar, a 30 de agosto, a operar uma rota aérea entre Lisboa e Pequim, na China, desta vez com uma paragem em Xi’an, operação que, segundo o secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, vem completar o acordo estabelecido entre os dois países, com vista a estabelecer uma nova Rota da Seda.

“Esse conjunto de aproximações à Rota da Seda só poderia ficar completo com uma rota aérea”, referiu Eurico Brilhante Dias, durante a apresentação da nova ligação, que decorreu esta segunda-feira, 22 de julho, em Lisboa.

Durante a sua intervenção, o secretário de Estado da Internacionalização destacou que Portugal foi dos primeiros países europeus a estabelecer com a China o memorando de  entendimento “Uma faixa, uma rota”, que visa restabelecer a Rota da Seda, o antigo percurso comercial da seda, que ligava o Extremo Oriente à Europa, e que fica agora completo com o lançamento da nova ligação aérea.

“Esse esforço diplomático tem, hoje, aqui tradução”, acrescentou o responsável, considerando que os voos da Beijing Capital Airlines vão “permitir que turistas, homens de negócios, investigadores e estudantes encontrem rapidamente uma forma para ir de um território para outro”.

Já o presidente do Turismo de Portugal, Luís Araújo, manifestou-se confiante no sucesso da nova rota, que, afirmou, “vai trazer um número crescente de chineses a visitar Portugal”, mercado que, nos primeiros meses de 2019, cresceu 17,1%, tornando-se no “segundo país com maior crescimento para Portugal”.

Mas, além de facilitar o tráfego de passageiros, a nova rota é também, segundo Guo Hong, vice-presidente de Marketing da Beijing Capital Airlines, “uma conquista importante” para promover as trocas comerciais e as relações entre os dois países, que, acrescentou o embaixador da China em Portugal, Cai Run, “encontram-se na sua melhor fase histórica”.

A nova rota inclui uma paragem no aeroporto de Xi’an, o principal hub chinês para ligação a outros destinos no Extremo Oriente, e conta com três ligações por semana, às quartas, sextas e domingos, sendo operada num avião A330, com 17 lugares em business class e 235 em económica.

Às quartas e sextas-feiras, os voos partem de Pequim pelas 06h30 e chegam a Xi’an às 08h55, de onde voltam a sair pelas 12h10, estando a chegada a Lisboa prevista para as 19h05. Em sentido contrário, há voo aos domingos, partindo de Lisboa pelas 22h55, para chegar a Xi’an às 18h15, de onde volta a sair às 22h15, para chegar a Pequim às 00h20, sempre em horários locais.

Localizada na zona oeste da China, a cidade de Xi’an é a capital da província Shaanxi e é conhecida pelas suas atrações turísticas, com destaque para os Guerreiros de Terracota, mas também para a Grande Muralha da China, para o palácio da Dinastia Tang ou para os mais de 300 museus que existem por toda a região.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *