Governo garante que requalificação do Hotel Turismo da Guarda vai avançar

Por a 19 de Julho de 2019 as 10:40

O grupo MRG é, desde dia 4 de maio, o promotor responsável pela  concessão e recuperação do Hotel de Turismo da Guarda, no âmbito de um concurso do Programa REVIVE.
Contudo,  a M.R.G Construction S.A., uma das empresas do Grupo Manuel Rodrigues Gouveia, a quem o Governo concessionou a revitalização do hotel, entregou no Tribunal de Seia um Processo Especial de Revitalização. Perante este facto, o ministro da Economia, Pedro Siza Vieira, frisou, esta quinta-feira, ao jornal Terras da Beira, em Almeida, que “vamos continuar a assegurar que a concretização deste projecto ocorre em qualquer caso” e que “o Governo, as instituições públicas dispõem de todas as ferramentas para assegurar a concretização desse objectivo”.
Siza Vieira referiu também que a unidade está a ser remodelada no prazo previsto. “Como sabem, existe sempre uma fase de execução de projecto de revitalização. Não pode haver obra antes do projecto ser executado e antes de ele ser licenciado e, portanto, neste contexto, os calendários estão a ser respeitados”.
A concessão é feita por 50 anos, no âmbito do programa Revive, e estima-se que o investimento total para a recuperação do edificado seja de cerca de sete milhões de euros. O consórcio compromete-se a construir uma unidade hoteleira neste imóvel que ocupe no mínimo 55% da área bruta de construção. Está prevista uma unidade boutique hotel, de quatro estrelas, ligada ao tema da neve, com 50 quartos e com outras valências como spa  e restaurante.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *