“Qualidade do ar a bordo dos A330-900neo está dentro de todos os limites recomendados”

Por a 15 de Julho de 2019 as 17:04

“A qualidade do ar a bordo dos A330-900neo está dentro de todos os limites recomendados e, das centenas de voos já realizadas, foram detetados odores em apenas alguns voos, com causas já determinadas e soluções encontradas por parte da Airbus”. As afirmações são da TAP, em comunicado, e surgem em resposta às notícias desta segunda-feira que dão conta que a Airbus admitiu falhas nos novos aviões da TAP, numa carta datada do dia 7 de junho.

A companhia decidiu divulgar as informações transmitidas pela Airbus no passado dia 11 de julho, em que a própria conclui: “Os resultados das análises de testes, fornecida por um laboratório independente e reconhecido, mostrou a ausência de qualquer contaminação de ar perigosa. (..) Após análise detalhada e medições realizadas por laboratórios externos, podemos demonstrar que a qualidade do ar da cabine não apresenta riscos à saúde.”

A companhia afirma, ainda, neste comunicado que tem partilhado com os seus trabalhadores, “com total transparência”, as informações transmitidas pela Airbus à empresa e sublinha que estas são as “conclusões científicas até ao momento, que não permitem especulação”.

Não obstante, a TAP “continuará a desenvolver todos os esforços em plena articulação com os fabricantes, Airbus e Rolls Royce, no sentido de garantir a todos, passageiros e tripulantes, os mais elevados padrões de conforto e segurança a bordo dos seus aviões”, conclui.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *