Universidade de Évora vai ter licenciatura em enoturismo

Por a 10 de Julho de 2019 as 14:45

A Universidade de Évora vai abrir, no próximo ano letivo, uma licenciatura em enologia que se destaca das demais formações existentes por incluir uma forte componente de enoturismo, revela a Renascença, que cita a coordenadora da nova licenciatura.

“Embora o nome seja Enologia, este primeiro ciclo terá uma grande componente de viticultura, pois não existe enologia sem produção de uvas e tem, também, uma componente relacionada com o turismo, mais o enoturismo”, referiu Maria João Cabrita, coordenadora da nova licenciatura, durante uma apresentação que decorreu na semana passada.

De acordo com a responsável, o enoturismo é “uma vertente que diferencia este curso de outras formações existentes na área” e que tem uma “grande importância económica na região”, daí que a Universidade de Évora tenha “condições únicas” para o ensino ligado à produção e à investigação científica na área da vitivinicultura.

“Pensamos que fazia muito sentido, este primeiro ciclo, na área do Alentejo, pois a viticultura é uma atividade económica muito importante, e os vinhos do Alentejo têm, não só, uma grande representatividade a nível de Portugal, como também um grande impacto a nível internacional”, acrescentou Maria João Cabrita.

Logo no primeiro ano, os alunos da nova licenciatura vão poder contactar com “a realidade da produção vitivinícola, na Herdade Experimental da Mitra, Pólo da Escola de Ciências e Tecnologia, bem como contactar a com atividades de investigação nesta área, por exemplo no MED – Instituto Mediterrâneo para a Agricultura, Ambiente e Desenvolvimento, recentemente classificado como “Excelente” pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia.”

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *