Hotéis sem balcão de receção são nova aposta da Accor

Por a 8 de Julho de 2019 as 12:18

O grupo Accor, que detém marcas como a ibis ou Mercure, anunciou esta segunda-feira que está apostar num novo formato de check-in de forma a transformar a experiência dos seus clientes. Mais personalizado, próximo e móvel, o novo modelo de check-in pode ser feito em qualquer ponto do hotel, através da Fols Mobile: uma aplicação própria que permite às equipas dos hotéis receber os hóspedes.  “À chegada, um membro da equipa vai ao encontro do hóspede para recebê-lo proactivamente, e completar os trâmites de registo no bar, onde o cliente pode desfrutar de uma bebida após uma longa viagem, nos confortáveis cadeirões do hall ou sentado tranquilamente no sofá”, explica a cadeia em comunicado .

Mercure Porto Centro é o primeiro hotel sem balcão de receção em Portugal
Em Portugal, o Mercure Porto Centro é o primeiro a adoptar esta nova experiência. Segundo Rui Cruz, diretor da unidade, “este sistema permite aos clientes desfrutar dos espaços comuns do hotel desde o primeiro minuto, e ter um acolhimento personalizado, centrado nas suas necessidades em vez do tradicional atendimento ao balcão da receção do hotel. Ao mesmo tempo, embora este novo formato de boas-vindas exija às equipas o desenvolvimento de novas competências, permite-lhes centrar-se no que realmente importa, aumentando a interacção com os hóspedes”.

Este novo formato de boas-vindas, já implementado em 250 hotéis Accor, requer o uso de smartphones ou tablets e a solução patenteada PSM FOLS Mobile que permite realizar todos os trâmites do check-in. A sua implementação  implica uma evolução no espaço físico de entrada. Dessa, forma, progressivamente, os hotéis estão a suprimir os espaços clássicos de receção substituindo-os “por amplas zonas, onde o hóspede pode ter a sensação de chegar a casa e ser recebido sem necessidade de aproximar-se de um balcão para ser atendido”, defende a Accor. No entanto,  o grupo sublinha a importância do atendimento humana, comprovada pela opinião de 61% dos entrevistados num estudo realizado pela Ipsos para a Accor, onde revelam que preferem falar com uma pessoa real em vez de usar a tecnologia para fazer o check-in e o check-out.

Um comentário

  1. Joana

    9 de Julho de 2019 at 20:05

    Trabalho num hotel do grupo Accor na Suiça e os clientes não estão a gostar muito desta nova moda e compreendo perfeitamente pois acho que não tem grande jeito… Chegam a entrar na cozinha à procura da recepção, o trip advaisor está cheio de comentários negativos à falta de recepção

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *