TAP é a companhia aérea com maior número de reclamações

Por a 5 de Julho de 2019 as 15:01

A TAP volta a ser a companhia aérea com maior número de reclamações apresentadas, segundo um comunicado do Portal da Queixa, que revela que, entre janeiro e o final de junho, foram recebidas 716 reclamações relativas a companhias aéreas, incluindo 325 sobre a TAP.

De acordo com o Portal da Queixa, no que respeita ao turismo, “as companhias aéreas voltam a liderar o setor, com mais de 700 reclamações registadas em 2019, verificando-se um aumento face ao ano anterior. Desde o início do ano, até ao dia 24 de junho, o Portal da Queixa registou 716 reclamações dirigidas a companhias aéreas, um aumento face ao período homólogo, onde foram registadas 658 reclamações.”.

Do total de queixas apresentadas, a maioria diz respeito à TAP que, segundo o Portal da Queixa, “lidera o Top3 das companhias aéreas com maior número de reclamações”, com um total de 325 reclamações apresentadas entre janeiro e 24 de junho, mais cinco que em igual período do ano passado, quando o número de queixas relativas
à TAP era de 320.

A seguir à TAP, a companhia aérea com maior número de reclamações foi a Ryanair, que registou um total de 154 queixas até 24 de junho, quando em igual período de 2018 tinham sido apresentadas 122 reclamações sobre a companhia aérea low cost.

Já a easyJet é a terceira companhia aérea com maior número de reclamações, com 63 queixas apresentadas até 24 de junho, número que no mesmo período do ano passado tinha sido de 56 queixas.

Atrasos nos voos, pedidos de reembolso, bagagem danificada/perdida, cancelamento de voo e falta ou mau atendimento foram os motivos invocados com maior frequência para apresentação de reclamações.

“A insatisfação dos consumidores em relação às três companhias aéreas mais reclamadas reflete-se na página das marcas no Portal da Queixa. Na TAP, o Índice de Satisfação gerado pelos consumidores é de apenas 8,6% (em 100), e as Taxas de Solução e Resposta de 7,3%. Na Ryanair, o Índice de Satisfação é de apenas 4,5%, sendo as Taxas de Solução e Resposta de 3,8%. Na EasyJet, o Índice de Satisfação dos consumidores é de apenas 3,6%, sendo as Taxas de Solução e Resposta de 3,2%”, acrescenta o Portal da Queixa no comunicado divulgado.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *