Termas de Portugal reposicionam-se para captar “público mais jovem, urbano e dinâmico”

Por a 25 de Junho de 2019 as 14:28

A Associação das Termas de Portugal lançou uma nova campanha para promover cerca de 50 estâncias termais espalhadas por Portugal. Com o mote “É natural estar bem”, a campanha visa dar um novo ‘refresh’ ao conceito que as termas têm no país, captando um público “mais jovem, urbano e dinâmico”.
A  nova campanha e posicionamento das Termas de Portugal, que conta com o apoio do Turismo de Portugal, foi apresentada esta terça-feira, em Lisboa, pelo presidente da Associação das Termas de Portugal, Vítor Leal. O responsável salientou a importância que as termas têm para ” abrir o mapa turístico do país a novos destinos e a novos territórios”, complementando que “as termas estão concentradas, na sua maioria, em territórios de baixa densidade”.
A nova campanha tem como base novas rotas que ligam o conceito das estâncias termais ao território onde estas estão integradas, concretamente a Rota Histórica, a Rota Natureza e a Rota Charme. Cada rota pressupõe um conjunto de ofertas com parceiros de cada uma das estâncias, desde alojamento, a restauração, entre outros. Também novos programas estão disponíveis com a nova campanha, nomeadamente Natural Fit, Natural massage, Natural Legs e Natural relax. Toda esta oferta está disponível no site da Termas de Portugal, uma “plataforma de dinamização da oferta”, que se apresenta renovado e que direcciona os visitantes para a compra online dos programas.
Com um investimento de 350 mil euros, a campanha arranca esta semana e decorre até ao final do primeiro semestre de 2020, nos canais digitais nacionais e internacionais. O objectivo, segundo o responsável, é aumentar os atuais 70 mil clientes das termas nacionais, no segmento de bem-estar, para os 120 mil. Vitor Leal referiu que, neste primeiro semestre, o volume de faturação na área de bem-estar das Termas de Portugal apresenta uma subida de 20%
Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal, destacou a importância desta iniciativa que se enquadra nos ativos definidos na Estratégia para o Turismo 2027, nomeadamente a saúde e bem-estar. Este produto permite “trazer mais turistas, que gastam mais, ao longo de todo o ano e de todo o território. Neste âmbito, as termas têm vantagens competitivas”, realçou.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *