Dormidas dos portugueses na Alemanha aumentaram 70% em sete anos

Por a 24 de Maio de 2019 as 13:16

O número de dormidas dos turistas portugueses na Alemanha aumentou quase 70% entre 2011 e 2018, com destaque para a Baviera, onde as dormidas dos turistas lusos chegaram às 98.260, em 2018, de acordo com uma nota enviada à imprensa pelo Turismo da Alemanha.

“Dos destinos preferidos dos portugueses destacam-se a Baviera, com 98.260 dormidas em 2018, sobretudo na sua capital, Munique; e Berlim, com 90.892 dormidas. E os portugueses têm vindo a descobrir outros destinos, como Bremen, que teve um aumento de dormidas de 58%”, lê-se na informação disponibilizada.

Os dados relativos ao mercado português foram revelados durante o último Germany Travel Mart (GTM), que decorreu em Wiesbaden, na Alemanha, entre 12 e 14 de maio, onde foi também revelado que a Alemnha é o segundo destino turístico para os europeus.

“Pelo nono ano consecutivo, em 2018, Alemanha foi o segundo destino turístico preferido dos europeus, com 59 milhões de viagens (em primeiro lugar surge a Espanha, com 66,5 milhões e, em terceiro lugar, a França, com 44 milhões)”, refere o Turismo da Alemanha.

O número de dormidas de turistas estrangeiros também aumentou pelo nono ano consecutivo, subindo 4,5%, num total de 87,7 milhões, com destaque para os turistas europeus, com 64,1 milhões de dormidas, o que corresponde a um aumento de 4,6%.

A maioria dos viajantes europeus (57%) escolheu a Alemanha para passar férias em 2018, o que representa um aumento de 6,1% face ao ano anterior, enquanto as viagens de negócios representaram 22%.

Os turistas europeus estão também a optar por estadias mais longas, já que as estadias de quatro ou mais noites subiram 7,6%, enquanto as estadias de curta duração, até três noites, aumentaram 4%.

Nos próximos anos, a Alemanha espera que a tendência de crescimento se mantenha e espera atingir os 121,5 milhões de dormidas em 2030, na grande maioria (73%) de turistas europeus.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *