SET congratula-se com subida das receitas turísticas e destaca mercado britânico

Por a 21 de Maio de 2019 as 18:19

A secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, congratulou-se esta terça-feira, 21 de maio, com a subida de 5,3% das receitas turísticas no primeiro trimestre do ano, considerando que se trata de um crescimento “muito positivo”, até porque revelou também um acréscimo de 10,2% nas receitas geradas pelos turistas provenientes do Reino Unido.

“Os dados hoje [21 de maio] revelados pelo Banco de Portugal, relativamente ao período de janeiro a março, apontam para um crescimento de 5,3% das receitas turísticas, o que é muito positivo, ainda por cima porque não tivemos o efeito Páscoa que, este ano, foi em abril. Portanto, mesmo sem Páscoa, de janeiro a março, crescemos 5,3%”, congratulou-se a governante, à margem do 6.º Fórum de Turismo Interno Vê Portugal, que se encontra a decorrer em Castelo Branco.

Ana Mendes Godinho considerou “particularmente importantes” os crescimentos apresentados por mercados como os EUA, Itália e Brasil, cujas subidas foram de 37%, 20,8% e 13,4%, respetivamente, ainda que o maior destaque seja mesmo a subida de 10,2% nas receitas provenientes dos turistas do Reino Unido, mercado que estava a retrair devido ao efeito do Brexit.

“Ou seja, [este resultado] mostra bem que estamos a conseguir crescer nas receitas do mercado do Reino Unido, que tem sido uma das nossas prioridades, especialmente com campanhas dedicadas ao Reino Unido”, destacou a secretária de Estado do Turismo.

Já a quebra apresentada pelo mercado espanhol, em março, foi desvalorizada por Ana Mendes Godinho, já que, referiu, “o mercado espanhol reage muito ao efeito Páscoa”, que, este ano, se assinalou em abril.

“Vamos sentir esse efeito positivo em abril. Portanto, mesmo com um mercado que cai em março, conseguimos, face a esta capacidade de diversificação de mercados, ter um crescimento de 5,3% das receitas no primeiro trimestre de 2019”, acrescentou.

Recorde-se que, segundo os dados revelados esta terça-feira pelo Banco de Portugal, as receitas turísticas apresentaram, nos primeiros três meses do ano, uma subida de 5,3%, para 2.732,91 milhões de euros.

Já no que se refere apenas ao mês de março, a subida foi menos expressiva, chegando aos 3%, num total de 1.051,72 milhões de  euros de receitas turísticas.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *