Empresa de gestão de alojamento local Homing chega ao Porto e Algarve

Por a 16 de Abril de 2019 as 10:20

A Homing que atua no mercado da gestão de Alojamento Local pretende estender a sua operação, até agora sedeada em Lisboa, ao Porto e Algarve, com a abertura de duas novas lojas. De acordo com a empresa, a expansão da atividade tem por objetivo “reforçar o crescimento da marca e assumir-se como uma referência nacional mantendo o ADN de confiança depositado atualmente na loja em Lisboa”.

O alargamento da operação destina-se aos proprietários e investidores estrangeiros com imóveis ou segunda habitação no Porto ou Algarve e com os quais pretende estabelecer uma parceria e apoiar na rentabilização dos seus negócios.

Tomás Azeredo Perdigão, marketing manager da HOMING refere que “o alargamento da operação deve-se à estratégia definida para aumentar e diversificar a nossa oferta e explorar novos mercados e diferentes opções de turismo. Com a marca consolidada pretendemos reforçar o crescimento de forma sustentável e chegar este ano às 400 unidades em Portugal” .

As tipologias procuradas para a oferta do serviço de gestão de Alojamento Local no Porto e Algarve são moradias e apartamentos, tendo por base o mesmo modelo de gestão variável (desde 20% do valor da reserva) ou fixo (rendimento garantido).

Segundo a Homing, a opção de entregar a gestão do imóvel a empresas especializadas em Alojamento Local apresenta vantagens para proprietários e investidores. “O custo da comissão de gestão é compensado com o aumento na rentabilidade do imóvel. Paralelamente, quem procura rentabilizar os seus imóveis ou investir em Portugal tem geralmente pouco tempo e recorre aos serviços de gestão completa , onde se inclui, a manutenção do imóvel, check-in e check-out além da promoção e questões burocráticas”.

A Homing tem uma oferta de cerca de 370 unidades na sua rede de Alojamento Local em Lisboa Paris, Barcelona e Londres. Em Lisboa gere mais de 150 unidades que equivalem a um património de capital imobiliário avaliado em cerca de 200 milhões de euros.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *