Lusófona e INP premeiam projetos turísticos inovadores para o Alentejo

Por a 20 de Março de 2019 as 14:56

Terminou esta terça-feira, dia 19, a segunda edição do “Tourism Innovation Journeys”, projeto académico promovido pelo Instituto Superior de Novas Profissões e pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias, que teve como objetivo a proposta de ideias com vista à valorização da oferta turística do Alentejo.

O projeto teve a participação de mais de 80 alunos e docentes da área de estudos de Turismo e Lazer, que desenvolveram as suas propostas ao longo de um ano letivo e as apresentaram, no âmbito de uma viagem ao Alentejo entre os dias 14 e 16 de janeiro de 2019, às comunidades de cinco “marcas-destino” localizadas em distintas sub-regiões alentejanas. As marcas-destino sobre as quais incidiram os projetos foram a Alentejo Feel Nature (região de Portalegre); Rotas Compadres (região de Évora); Dark Sky Alqueva (Reguengos de Monsaraz); EDIA – Empresa de Desenvolvimento e Infraestruturas do Alqueva (Região de Beja / Alqueva); Rota Vicentina (Parque Natural da Costa Vicentina).

Na sessão de encerramento, realizada a 18 de março de 2019,. na Casa do Alentejo, foram anunciadas as propostas finalistas por cada uma das marcas-destino analisadas, que foram apresentadas perante um júri liderado por um representante do Turismo de Portugal, IP. Findas as cinco apresentações, o referido júri selecionou como vencedora a proposta Sleep on Water, da autoria do grupo Alqueva Solutions, composto por alunos do 2.º ano do Curso Técnico Superior Profissional em Gestão do Turismo, Hotelaria e Restauração do INP. Esta proposta teve como destinatária a EDIA, sugerindo a criação de um conjunto de produtos turísticos inovadores que visam maximizar a utilização dos recursos hídricos da Alqueva no turismo.

Nesta sessão de Encerramento foi ainda anunciado o tema da próxima edição “Tourism Innovation Journeys”, a terceira, que será o Turismo Comunitário na Região Centro de Portugal.

Um comentário

  1. Renato Marchesini

    21 de Março de 2019 at 14:20

    Quais os projetos Inovadores? E quais foram premiados?

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *