Plataforma digital para o enoturismo vai ser lançada dentro de dois meses

Por a 13 de Março de 2019 as 23:25

A plataforma digital “Portuguese Wine Tourism”, um dos pilares do Plano de Ação para o Enoturismo 2019-2021, vai estar online dentro de dois meses, reunindo “todos aqueles que são os bons players nacionais a nível de enoturismo”, revelou Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal.

De acordo com o responsável, que apresentou o Plano de Ação para o Enoturismo 2019-2021 na BTL, em Lisboa, esta plataforma pretende ser um veículo para “promover o enoturismo no país”, uma vez que vai reunir toda a informação sobre a oferta nacional neste produto turístico.

“Nesta plataforma vão estar vertidos todos aqueles que são os bons players nacionais a nível de enoturismo. E falo de experiências, alojamento, de alojamento local, de animação turística, de agentes de viagens e operadores, todos têm lugar dentro desta plataforma”, afirmou o responsável durante a apresentação.

A nova plataforma digital é uma das nove ações iniciais previstas no Plano de Ação para o Enoturismo 2019-2021, iniciativas que, segundo Luís Araújo, são “essenciais” para “transformar Portugal num destino de enoturismo de referência internacional, num destino que todos têm que conhecer”, que é o principal objetivo deste programa.

Além da plataforma, o plano prevê também o lançamento de um referencial de boas práticas e de campanhas promocionais com entidades ligadas ao vinho, a recolha de informação sobre os operadores que mais vendem enoturismo a nível mundial, a divulgação de experiências através da organização de viagens para jornalistas e opinion leaders, a criação de um calendário de eventos de enoturismo e de um programa de formação, denominado “Enotur”, assim como a organização de missões de capacitação e a captação de eventos de enoturismo.

Até 2021, o Turismo de Portugal espera chegar às 1.600 pessoas com formação especifica em enoturismo, às 500 empresas aderentes à plataforma “Portuguese Wine Tourism” e aos 90% de avaliações positivas nas unidades de enoturismo, estimando que sejam geradas 10 mil peças ou notícias na imprensa internacional e que o enoturismo português venha a estar representado em 50 iniciativas promocionais, como feiras e eventos internacionais.

“É um pequeno passo para o turismo nacional, mas é um grande passo para o enoturismo em Portugal”, afirmou ainda o presidente do Turismo de Portugal.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *