Air France, KLM e Virgin Atlantic lançam primeiro code-share

Por a 8 de Março de 2019 as 16:37

A Air France, a KLM e a Virgin Atlantic lançaram o primeiro acordo de code-share, através do qual vão oferecer aos seus passageiros “novas opções de viagem de e para a América do Norte e mais oportunidades para acumular milhas através dos seus programas de fidelização”, segundo comunicado enviado à imprensa.

“Graças a esta parceria, os clientes das três companhias aéreas podem criar a sua própria viagem transatlântica à medida, escolhendo entre as várias opções de voos operados pelas Air France, KLM, Virgin Atlantic e Delta. Os clientes que reservam um voo em code-share desfrutam de conexões fáceis, podendo ganhar milhas através do respetivo programa de fidelização e usá-las em todos os voos”, referem as companhias aéreas num comunicado conjunto.

Através deste acordo, os clientes da Virgin Atlantic podem, a partir de agora, reservar uma vasta gama de voos suplementares, tendo até 58 rotas transatlânticas adicionais a partir de 18 aeroportos no Reino Unido com a Air France e a KLM, enquanto os clientes da Air France e da KLM vão ter acesso a uma ampla escolha de voos adicionais, com 24 novas rotas disponíveis entre o Reino Unido e a América do Norte, via Londres-Heathrow e Manchester.

O acordo é também extensível à Delta Air Lines, que tem parcerias com a KLM e Virgin Atlantic, cujos clientes passam a poder também a poder viajar com a Delta nos voos transatlânticos, à partida de Amesterdão e Paris.

Na informação enviada à imprensa, as companhias recordam ainda que estão a aguardar as autorizações necessárias para formar uma joint-venture ampliada no mercado transatlântico, o que deve ocorrer até ao final do ano.

“Desde esta semana e até ao final de 2019, o Grupo Air France-KLM, a Delta e a Virgin Atlantic deverão finalizar a criação de uma joint-venture ampliada no mercado transatlântico. Sujeitas à obtenção das autorizações legais necessárias, as quatro companhias estão na origem de uma parceria no mercado transatlântico com um valor estimado de 11,5 mil milhões de Euros (ou 13 mil milhões de dólares) entre a Europa, o Reino Unido e a América do Norte – com mais de 300 voos transatlânticos por dia, 108 rotas diretas e mais de 340 destinos”, lê-se no comunicado conjunto.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *