Presidente da ANA diz que SEF “não tem sabido responder às necessidades do turismo”

Por a 21 de Fevereiro de 2019 as 15:18

O presidente da ANA – Aeroportos de Portugal, José Luís Arnault, acusou esta quinta-feira, 21 de fevereiro, o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) de ser “um grande entrave à internacionalização do País”, já que “não tem sabido responder às necessidades do turismo”, afirmou o responsável, durante o debate “A internacionalização e o futuro no setor do Turismo”, em Lisboa.

“Hoje temos um grande entrave à internacionalização do País e à boa imagem do País, que é o SEF, que não tem sabido responder às necessidades do turismo, dos passageiros e do País, tornando-se um problema que não conseguimos minimamente controlar”, acusou José Luís Arnault, que foi um dos intervenientes no debate, promovido no âmbito dos Open Days PME Connect, uma iniciativa que decorre no Auditório da Casa da América latina e UCCLA.

O presidente da ANA – Aeroportos de Portugal considera que o problema se vai agravar com o Brexit, que está agendado para 29 de Março, uma vez que os passageiros provenientes do Reino Unido vão ter que passar, obrigatoriamente, pelo SEF, o que pode dar origem a uma situação caótica em alguns aeroportos nacionais.

“Basta pensar que todos os dias temos 18 voos a vir do Reino Unido, e todos esses passageiros terão de passar pelo SEF. Em Lisboa e Porto é dramático, em Faro pode ser caótico”, alertou o responsável.

No mesmo debate participou também Pedro Santos Silva, diretor financeiro do Pestana Hotel Group e administrador do Grupo Pestana Pousadas, que destacou o impacto que o funcionamento do SEF tem na atividade turística, considerando a atuação do SEF “faz com que as coisas corram mal logo à partida”.

Os “Open Days PME Connect” são um evento de business networking, onde são partilhadas experiências no âmbito do projeto PME Connect e que se encontra a decorrer no auditório da Casa da América Latina e UCCLA, em Lisboa, prolongando-se ao longo de três dias, entre 20 e 22 de Fevereiro.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *