Angola e Reino Unido negoceiam regresso dos voos entre os dois países

Por a 20 de Fevereiro de 2019 as 12:11

O ministro dos Transportes angolano, Ricardo Abreu, revelou esta terça-feira, 19 de fevereiro, que estão em curso negociações com vista ao regresso das ligações aéreas entre Angola e o Reino Unido, que terminaram em junho de 2018, por falta de rentabilidade.

De acordo com a Lusa, que cita as declarações do governante angolano à margem do Fórum de Investimento privado, que juntou em Luanda empresários angolanos e britânicos, os dois governos estão a analisar quer política, quer tecnicamente a viabilidade da retoma das ligações entre as capitais de Angola e do Reino Unido.

Ricardo Abreu avançou mesmo que, tanto a TAAG como a British Airways, estão já a definir planos para dar início à ligação aérea, referindo que, no plano de negócios, a transportadora de bandeira de Angola vai avançar para a renovação da frota, sendo Londres um dos destinos na mira.

Recorde-se que as ligações aéreas entre Angola e o Reino Unido eram asseguradas pela British Airways, a companhia aérea de bandeira britânica, que decidiu abandonar a rota entre Londres e Luanda em junho de 2018, alegando falta de rentabilidade.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *