Primeiro hotel de cinco estrelas de VRSA nasce da reconversão do Hotel Guadiana

Por a 8 de Fevereiro de 2019 as 11:45

O histórico Hotel Guadiana, localizado em Vila Real de Santo António, reabriu portas esta quinta-feira, dia 7, depois de uma profunda requalificação.  A unidade tem agora a designação de  Grand House Algarve.

A operação de reabilitação foi levada a cabo pela Câmara Municipal de Vila Real de Santo António e pela empresa municipal VRSA SGU, representando um custo de dois milhões de euros. A intervenção contemplou a renovação exterior e interior do edifício, “adequando-o às características de uma unidade de cinco estrelas, e pôs fim ao cenário de degradação deste imóvel que é um cartão-de-visita da frente ribeirinha da cidade e uma referência em termos arquitetónicos”, refere o comunicado da autarquia.

O projeto foi financiado pelo Fundo Jessica, em colaboração com o Banco Europeu de Investimento e com o Banco de Desenvolvimento do Conselho da Europa.

A unidade reabriu com 31 quartos: 15 duplos, 3 suites júnior e 13 quartos individuais. A obra garantiu a manutenção da fachada e dos principais elementos decorativos do prédio de estilo afrancesado, projetado pelo arquiteto Ernesto Korrodi, cuja construção data-se entre 1918 e 1921.

A empreitada englobou ainda a recuperação de um imóvel na Ponta da Areia (foz do Rio Guadiana) para a instalação da área de beach club. A exploração do hotel irá futuramente integrar o edifício da Alfândega – a primeira construção da cidade -, que reservará também espaço para um bar lounge e um conjunto de suítes spa.

O hotel e o beach club serão geridos pelo grupo Grand House Algarve, mediante um contrato de exploração em que a entidade empresarial pagará uma renda mensal à autarquia, que assim recuperará o valor investido na requalificação do imóvel.

Em paralelo à recuperação do Hotel Guadiana, a Câmara Municipal de VRSA quer transformar o Centro Histórico numa referência em termos turísticos. Para isso, está em curso um projeto, em paralelo com o Grupo Pestana, de forma a converter um conjunto de antigos imóveis, propriedade da autarquia, num conjunto de unidades de alojamento.

2 comentários

  1. Fernando Bação

    9 de Fevereiro de 2019 at 21:39

    O melhor hotel de V.R.S.A.

  2. Fernando Bação

    9 de Fevereiro de 2019 at 21:37

    Primeiro e único hotel onde sempre fiquei hospedado desde 1981

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *