Governo reconhece Complexo Arqueológico dos Perdigões como “monumento nacional”

Por a 10 de Janeiro de 2019 as 16:24

O governo aprovou esta quinta-feira, 10 de Janeiro, em Conselho de Ministros, o decreto que classifica como sítio de interesse nacional, com a designação de “monumento nacional”, o Complexo Arqueológico dos Perdigões, no concelho de Reguengos de Monsaraz.

“Quer pelas suas dimensões monumentais e bom estado de conservação, quer pela excepcionalidade dos materiais nele recolhidos, que identificam uma ocupação por um período superior a mil anos, o complexo dos Perdigões deve ser reconhecido como um conjunto de superior relevância histórica, cultural e científica com elevado potencial de valorização”, refere o comunicado do Conselho de Ministros.

Localizado no Monte dos Perdigões, em Reguengos de Monsaraz, Alentejo, o Complexo Arqueológico dos Perdigões integra-se na Herdade do Esporão e é um sítio pré-histórico, que terá sido fundado há mais de cinco mil anos e que foi originalmente descoberto em 1996, quando a Herdade do Esporão realizava a plantação de vinhas.

Este conjunto pré-histórico é constituído por vestígios de um santuário megalítico, com diversos menires, e um conjunto de recintos concêntricos definidos por grandes fossos escavados na terra e na rocha, que incorpora ainda um cemitério de sepulturas colectivas.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *