Portugal entre os cinco destinos com maior aumento de bilhetes aéreos desde França

Por a 20 de Novembro de 2018 as 15:54

Portugal está entre os cinco destinos que registaram os maiores aumentos de vendas de voos à partida de França. A conclusão é da Travelport – plataforma líder do comércio de viagens, cujo sistema de reservas é utilizado em Portugal pela grande maioria das agências de viagens. Tunísia, Espanha, Marrocos e Grécia são os restantes países que integram o Top 5.

A análise da Travelport – que decorreu entre Setembro de 2017 e Agosto de 2018 – considera os bilhetes reservados através dos sistemas de distribuição global (GDS), não incluindo nem vendas directas pelas companhias aéreas, nem charters, nem destinos de programas de stopover. Durante o período em apreço, foram vendidos mais de 22 mil bilhetes em França, tendo Portugal como destino final, o que representa um crescimento de seis por cento.

Os dados da Travelport revelam que o maior aumento, com mais de 104.146 bilhetes vendidos (+31%) registou-se em voos para a Tunísia. Segue-se Espanha como destino com o segundo maior aumento de vendas, com mais 41.822 (+9%), à frente de Marrocos com 41.381 (+10%). Em quarto lugar, surge a Grécia, com 23.146 (+16%), e, em quinto lugar, Portugal, com 22.181 (+6%).

Emmanuel Bourgeat, diretor regional da Travelport em França e no Norte de África, comentou os dados. “Os países em que o francês é usado como primeira ou segunda língua sempre foram mais populares entre os turistas franceses. A variação das reservas confirma que, além dos tradicionais destinos do Norte de África, como Tunísia e Marrocos, regista-se um aumento de procura das antilhas francesas, nomeadamente Martinica ou Guadalupe. O crescimento da Tunísia deve-se também ao reforço dos voos fruto de um período de maior estabilidade que agora se verifica no país”.

No que toca a Portugal, António Loureiro, director regional da Travelport Portugal, Espanha e Países Africanos de Língua Portuguesa, considera que estes resultados decorrem de vários factores. “O número crescente de empresas francesas no mercado nacional; o incremento do número de residentes franceses em Portugal, fruto das vantagens fiscais; e o aumento do tráfego dos operadores franceses são três eixos que contribuem para este crescimento de Portugal enquanto destino. Este tipo de análise que elaborámos permite que os agentes de viagens possam adequar a sua oferta à procura do mercado e ajuda as companhias aéreas a analisarem quais as rotas mais rentáveis”.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *