easyJet espera crescer 9% em Portugal em 2019

Por a 20 de Novembro de 2018 as 18:05

A easyJet espera crescer 9% em Portugal no próximo ano, ultrapassando, pela primeira vez, o marco de sete milhões de passageiros, disse ao Publituris José Lopes, director da companhia aérea em território nacional, que faz um balanço positivo de 2018, ano em que a low cost britânica chegou aos 6,6 milhões de passageiros nas rotas portuguesas.

“Os nossos planos para 2019 são continuar a apostar em Portugal, esperamos crescer 9% neste ano fiscal que acaba de começar [Outubro], e, sobretudo, esperamos ultrapassar, pela primeira vez, a fasquia dos sete milhões de passageiros”, avançou José Lopes.

Em Lisboa, a espectativa passa por crescer 6%, tarefa que não será fácil de alcançar, já que se trata de um “aeroporto que está congestionado e onde tardam a chegar as decisões”, mas que a easyJet Portugal espera tornar possível com a mudança para aviões de maior capacidade.

“O objectivo, em Lisboa, é crescer 6% e esperamos fazer isso aumentando o tamanho do avião, ou seja, as rotas que operamos em A319 vamos passar para A320 sempre que possível e, pontualmente, algumas rotas que já operamos com A320, vamos passar para A321”, explicou.

A mudança de avião poderá acontecer já no início de 2019 e ainda durante a temporada de Inverno, com José Lopes a revelar que a easyJet está já a “olhar para as várias rotas em que a procura é mais forte”.

As expectativas positivas são comuns aos restantes aeroportos nacionais onde a easyJet opera, com o responsável a revelar que, no Porto, a companhia espera “crescer 10% e, no Funchal, cerca de 3%”, ainda que o destaque vá para Faro, onde a low cost britânica espera um aumento de 15%.

“Em Faro, esperamos crescer 15%, portanto, vai continuar a ser um aeroporto com mais força, sendo que, destes 15% de crescimento, 21% são no Inverno, o que demonstra o grande esforço da easyJet para baixar a sazonalidade”, resumiu, revelando que a companhia espera ainda ultrapassar os dois milhões de passageiros em Faro.

O optimismo da easyJet Portugal é suportado pelas reservas para o primeiro semestre de 2019, que, segundo José Lopes, “estão em linha com as reservas globais da empresa” e com igual período de 2018, com a vantagem da Páscoa, em 2019, se comemorar na segunda metade do ano.

“As reservas na easyJet Portugal estão em linha com as reservas globais da empresa, temos reservas para o primeiro semestre em linha com o ano passado, o que é um facto positivo, uma vez que a Páscoa passou para o segundo semestre”, revelou.

2018 também foi um bom ano em Portugal

José Lopes falou com o Publituris sobre as expectativas nacionais da easyJet para o próximo ano, no dia em que a companhia aérea anunciou os resultados do ano fiscal de 2018, que para a easyJet terminou a 30 de Setembro, e ao longo do qual a low cost britânica alcançou um lucro líquido global de 521 milhões de euros, num crescimento de 43,3%, e registou um novo recorde de passageiros, com um total de 88,5 milhões de passageiros transportados.

A nível nacional, 2018 “também foi um bom ano”, disse o responsável, revelando que a companhia, que esperava um crescimento de 5%, registou afinal um aumento de 6%, chegando aos 6,6 milhões de passageiros.

“Tínhamos previsto um crescimento de 5% e fechámos o ano com um crescimento de cerca de 6%, com 6,6 milhões de passageiros. Portanto, foi também um ano bastante bom em Portugal, com um crescimento motivado pelo crescimento da oferta, mas também por uma melhoria da taxa de ocupação, que fechou em 96,9%, com mais 1,3 pontos percentuais”, acrescentou.

Em Lisboa, a easyJet registou um aumento na ordem dos 4%, num total de 2,55 milhões de passageiros, enquanto no Porto o crescimento foi de 9%, com um total de 1,74 milhões de passageiros, e de 1% no Funchal, onde o número de passageiros ficou muito perto dos 600 mil. Faro foi o destaque, uma vez que a easyJet registou um crescimento de 12%, chegando aos 1,75 milhões de passageiros

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *