15% dos novos pilotos da easyJet são mulheres

Por a 14 de Novembro de 2018 as 17:52

A easyJet acaba de assinalar um novo marco ao atingir uma percentagem de 15% de novas entradas de mulheres piloto para a companhia durante o ano passado, informou a companhia aérea, num comunicado enviado à imprensa.

“Este marco ocorre num momento em que apenas 5% de todos os pilotos, no mundo, são do sexo feminino, de acordo com a Sociedade Internacional de Pilotos de Companhias Aéreas. Desse total, pouco mais de 450 mulheres alcançaram o posto de comandante – o que significa que quase todas as mulheres da linha aérea comercial caberiam numa aeronave A380”, destaca a low cost britânica.

A easyJet contratou 50 pilotos do sexo feminino no ano passado, número que elevou para mais de 200 o total de mulheres piloto ao serviço da companhia, percentagem que a easyjet diz ser positiva, apesar de estar ainda distante do objectivo.

“É fascinante perceber que, do total dos novos pilotos que atraímos ao longo do ano passado, 15% são mulheres e que a meta ambiciosa de alcançarmos os 20% está cada vez mais perto e não pretendemos parar por aí! Continuamos a trabalhar arduamente para incentivar mais mulheres a aderirem a esta profissão extremamente gratificante e, desde o nosso ponto de partida de 6% para 15%, consideramos que é uma verdadeira conquista que alcançámos este ano”, congratula-se Johan Lundgren, CEO da easyJet.

Recorde-se que ainda recentemente a companhia aérea lançou, em Portugal, uma campanha destinada a incentivar as crianças do sexo feminino a seguirem a carreira de piloto e que foi protagonizada pela piloto portuguesa da easyJet, Diana Gomes da Silva.

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *