MSC Cruzeiros estabelece compromisso para redução de plásticos

Por a 11 de Outubro de 2018 as 14:38

A MSC Cruzeiros anunciou esta quinta-feira, 11 de Outubro, que decidiu ampliar o seu programa de gestão ambiental, através da introdução do “compromisso para eliminação de plásticos de utilização única em toda a sua frota de modo a introduzir alternativas sustentáveis”, que arrancou já com a substituição de todas as palhinhas de plástico por palhinhas biodegradáveis.

Num comunicado enviado à imprensa, a companhia de cruzeiros italiana explica que vai “eliminar de forma gradual um extenso número de objectos de plástico de todas as operações dos navios no mar e em terra, substituindo-os por soluções ecológicas”, o que deve acontecer até final de Março de 2019.

Como primeiro passo, a MSC Cruzeiros está já a substituir todas as palhinhas de plástico por palhinhas biodegradáveis, medida que deverá estar completamente implementada até ao final de 2018.

“Estamos numa contínua evolução para reduzir o impacto ambiental proveniente das operações dos nossos navios. A eminente eliminação de objectos plásticos descartáveis de toda a nossa frota é mais um passo que tomamos nessa direcção”, sublinha Pierfrancesco Vago, executive chairman da MSC Cruises.

De acordo com a companhia, o objectivo passa por “eliminar praticamente todos os plásticos descartáveis da sua frota e operações em terra”, pelo que “até Março de 2019, todas as colheres de café, copos, sacos de plástico, bem como todos os objectos plásticos descartáveis que possam ser substituídos serão gradualmente eliminados e repostos por alternativas mais ecológicas”.

“Embalagens de artigos descartáveis tais como pacotes de manteiga, compotas ou iogurtes serão removidos e serão postos em prática processos para disponibilizar aos viajantes soluções práticas e ecológicas”, acrescenta a MSC Cruzeiros, que se compromete a “trabalhar em parceira com vários fornecedores locais e internacionais nas regiões onde os navios operam de modo a disponibilizar alternativas ecológicas feitas de resinas 100% biodegradáveis”.

“A indústria de cruzeiros tem dado grandes passos no sentido de remover objectos plásticos descartáveis das operações dos seus navios. Contudo, o programa da MSC Cruzeiros, está a elevar esses esforços a um nível superior, avançando muito rapidamente nessa direcção. Até o final de Dezembro de 2018, teremos já alcançado um primeiro marco com a eliminação gradual de todas as palhinhas de plástico descartáveis, seguido por outro passo importante em Março de 2019, quando praticamente todos os plásticos descartáveis forem removidos ou substituídos – caso haja alternativas disponíveis”, aponta Eduardo Cabrita, director-geral da MSC Cruzeiros em Portugal.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *