Turismo de Elizabeth quer estreitar relações com trade português

Por a 8 de Agosto de 2018 as 17:29

A cidade de Elizabeth, no estado de Nova Jersey, nos Estados Unidos da América, é um destino que tem uma forte ligação com Portugal, sobretudo pela vasta comunidade de portugueses que ali reside. Mostrar a oferta turística e estreitar sobretudo as relações turísticas entre Portugal e Elizabeth é o principal objectivo de Jennifer Costa, directora da Elizabeth Destination Marketing Organization, que esteve esta quarta-feira a promover o destino junto do trade português na Embaixada dos Estados Unidos da América em Lisboa.
A cidade de Elizabeth, que começou apenas há três anos a promover-se turisticamente, é já um ‘case study’ na forma como gere a sua promoção. Jennifer Costa começa por explicar que Elizabeth é um destino para se visitar durante todo o ano, tendo desde destinos de neve a destinos de praia.  A cidade de Elizabeth é  servida pelo aeroporto de Newark, do qual está a 10 minutos e que tem várias ligações directas a Lisboa e Porto. O destino encontra-se também a 30 minutos de Nova Iorque e é conhecido sobretudo por ser um destino de compras. “Elizabeth recebe 18 milhões de visitantes  sobretudo por causa do turismo de compras”, indica, fazendo referência ao facto das compras de calçado e vestuário serem livre de impostos, mas também por terem um dos maiores ‘outlets’ premium de Nova Jersey – o The  Mills at Jersey Gardens, que tem várias ofertas para viagens de grupos organizadas. “Somos a quinta melhor cidade para compras nos EUA”, refere.
Além das compras, o destino está também a alcançar um lugar de destaque na produção de vinho, estando entre os 10 principais destinos nos EUA. O que não pode faltar é a parte cultural e histórica do destino, que é o berço histórico da fundação do estado de Nova Jersey, mas teve também importância na história da revolução americana.
O calendário cultural é também uma das apostas de promoção da cidade de Elizabeth, com evidência para o Historical Reenactment, entre outros, mas também a vida nocturna da cidade.  Ao nível da gastronomia, a responsável evidenciou a diversidade cultural presente um pouco por todos os restaurantes da cidade, sublinhando o facto dos preços praticados serem mais simpáticos do que em Nova Iorque. Um dos restaurantes sugeridos é o Manolo’s, que reaviva a memória dos fãs da série Os Sopranos.
Com esta oferta, a cidade de Elizabeth foi considerada um dos cinco destinos emergentes nos Estados Unidos da América.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *