Air France-KLM com perdas de 159M€ no 1.º semestre

Por a 1 de Agosto de 2018 as 10:37

A Air France-KLM registou perdas de 159 milhões de euros nos primeiros seis meses de 2018, montante que representa uma queda de 609 milhões de euros face a igual período de 2017 e que é atribuída às greves de trabalhadores.

O período mais critico ocorreu entre Abril e Junho, quando a empresa perdeu 260 milhões de euros “devido aos protestos” dos trabalhadores, a que se somaram 15 dias de greve entre Fevereiro e Junho, cenário que levou mesmo à demissão de Jean-Marc Janaillac, presidente da Air France-KLM, depois de ver rejeitada a proposta de aumento salarial apresentada pela companhia.

Apesar das perdas, a Air France-KLM até cresceu em número de passageiros, registando um tráfego 0,8% superior ao alcançado em igual semestre de 2017, com mais 26 milhões de passageiros, o que permitiu “uma faturação” de 6.600 milhões de euros e “neutralizar o efeito” provocado pela subida do preço do combustível.

No segundo trimestre do ano, a Air France-KLM ganhou 109 milhões de euros devido ao aumento de passageiros, mas, apesar do valor alcançado, no conjunto do semestre, registou-se uma redução de 484 milhões de euros em relação ao mesmo período do ano passado.

Já o resultado de exploração foi de 345 milhões de euros, menos 241 milhões de euros do que em igual período do ano anterior, tendo em conta o impacto atribuído às greves, enquanto a dívida reduziu 315 milhões de euros, encontrando-se nesta altura nos 6.256 milhões de euros, número que a companhia espera reduzir “novamente” até ao final do ano.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *