SUD Lisboa celebra um ano de sucesso

Por a 19 de Julho de 2018 as 19:03

Em Julho de 2017, Lisboa ganhou um novo espaço de eventos e restauração distinto da oferta existente. Com um investimento de 17 milhões de euros, o SUD Lisboa conta com uma localização privilegiada que, ajudada pela inovação incutida no projecto, marcou um primeiro ano de sucesso, como conta Salomé Gorgiladze, Administradora Delegada do SUD Lisboa e administradora do Grupo SANA.

Num encontro com a imprensa, a responsável indica que o SUD Lisboa tem sido “um grande sucesso”, muito devido ao facto de estar junto ao rio Tejo e em Belém, mas também pela “grande inovação” que trouxe ao mercado.

“Tivemos muitos desafios desde o primeiro dia que abrimos, porque se tratou de um projecto muito inovador e sofisticado”, indica Salomé Gorgiladze, que realça a aceitação que o projecto teve por parte do mercado nacional, mas também internacional, ambos frequentadores em partes iguais do espaço, seja do Terraza, que tem restaurante, bar e piscina, como do Hall, a zona exclusiva para eventos.

“Julgo que conseguimos conquistar o coração de Portugal com este projecto do SUD Lisboa e fico muito feliz que não tenha sido apenas Portugal, mas o coração do mundo”, destaca, ao sublinhar que este foi o primeiro projecto de restauração do Grupo SANA fora de uma unidade hoteleira.

O segredo dos resultados obtidos no primeiro ano de operação deve-se também à aposta na animação do espaço, que conta com música ao vivo todos os dias à hora de jantar.  Brevemente, a zona da piscina vai ter um dj residente para animar está área.

“Isto não é um restaurante, é muito mais”, indica, justificando que o horário alargado do espaço – das 11h00 às 02h00 – leva a que o espaço tenha já ganho um lugar de destaque na vida lisboeta.

Quanto ao futuro, refere, “vamos apostar em surpreender os nossos clientes fiéis e os futuros clientes com animação e com toda a experiência em si, que passa pela nova carta [do restaurante], experiências gastronómicas [da autoria do Chef Marco Legittimo] e animação”, revela.

Quanto ao Hall, a zona dedicada a eventos, a responsável indica que também tem sido um sucesso, estando com uma agenda preenchida para os próximos tempos. “Quando pensámos o SUD Lisboa Hall foi a pensar na experiência e know how que tínhamos em todos os grandes eventos de notoriedade que já servimos nos nossos hotéis de cinco estrelas. Juntámos a esse know how este sítio tão especial onde nos encontramos aqui à beira do Tejo”. Salomé Gorgiladze destaca ainda as mais-valias ao nível de multimédia do espaço, mas também a sua polivalência para receber os mais diversos tipos de eventos, desde  corporativos, casamentos, festas de aniversário, lançamentos de automóveis, entre outros. A isto acresce ainda a gastronomia ‘taylor made’ do Chef Angel Reyes, que veio directamente do Mandarin Oriental Hotel, em Londres, para o SUD Lisboa.

“Julgo que Lisboa está a contribuir para a dinâmica de Portugal, mas acho que o SUD Lisboa está também a contribuir para esta dinâmica, porque o nascimento de espaços como o SUD Lisboa, espaços de referência internacional, ajudam a atrair mais pessoas para cá”, sustenta, indicando que o Grupo SANA criou um produto que “é de grande referência internacional ao nível de serviço de qualidade, de atenção ao cliente, de eventos memoráveis”, que se torna benéfico não só para o SUD Lisboa como para a própria cidade.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *