Embraer e Boeing vão criar joint-venture

Por a 11 de Julho de 2018 as 10:42

A Embraer e a Boeing chegaram a um acordo preliminar que visa a criação de uma nova empresa de aviação comercial em 2020, numa joint-venture que será liderada pela construtora aeronáutica norte-americana, mas que deverá ter sede no Brasil.

Segundo informação avançada pelo Hosteltur, que cita um comunicado da Embraer ao mercado, no qual dava conta do início dos trâmites para a criação da joint-venture, a nova empresa vai ter sede no Brasil e está avaliada em mais de 4.050 milhões de euros, devendo o processo estar concluído em 2020.

O acordo já alcançado entre as duas empresas construtoras de aeronaves prevê que a gestão e controlo operacional da nova empresa fique na posse da Boeing, que vai deter 80% do capital, sendo os restantes 20% propriedade da Embraer.

Recorde-se que a Embraer é, actualmente, o terceiro maior fabricante aeronáutico do mundo, com um volume de negócios que chega aos 5.100 milhões de euros, enquanto a norte-americana Boeing é a maior empresa aeroespacial do mundo.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *