Centro é o destino nacional convidado da FIA

Por a 14 de Junho de 2018 as 15:30
Luís Rocha (CEARTE), Alberto Costa (IEFP), Pedro Machado (Turismo Centro de Portugal) e João Amaral (AASE - Associação de Artesãos da Serra da Estrela e Região Centro de Portugal)

O Turismo Centro de Portugal (TCP) vai estar em destaque na edição deste ano da Feira Internacional de Artesanato – FIA Lisboa 2018, que se realiza na FIL – Feira Internacional de Lisboa, de 23 de Junho a 1 de Julho. A organização da FIA distinguiu a região como Destino Nacional Convidado desta que é a maior feira de multiculturalidade que ocorre na Península Ibérica e a segunda na Europa.

As principais novidades da presença do Turismo Centro de Portugal na FIA Lisboa foram anunciadas esta quinta-feira, dia 14, em conferência de imprensa que teve lugar no auditório do CEARTE – Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património, em Coimbra, e que teve como intervenientes o presidente do Turismo Centro de Portugal, Pedro Machado; o director do CEARTE, Luís Rocha; o presidente da AASE – Associação de Artesãos da Serra da Estrela e Região Centro de Portugal, João Amaral; e o delegado Regional do Centro do IEFP, Alberto Costa, parceiros do Turismo Centro de Portugal no certame.
O Turismo Centro de Portugal estará presente com stands em dois pavilhões, ocupando uma área total de 252m2. No Pavilhão 2, dedicado ao Artesanato Nacional, terá um stand institucional e de artesanato da região, com 144 m2. Neste, haverá lugar para promoção do território, artesanato ao vivo e outras manifestações de animação da região, em conjugação com as comunidades intermunicipais da região. No Pavilhão 4, dedicado à Gastronomia, o Centro de Portugal mostrará as delícias da região num espaço de 108 m2.
No total, o Turismo do Centro conta com 22 espaços para venda e promoção do artesanato da região, numa parceria entre o TCP, a AASE – Associação de Artesãos da Serra da Estrela e Região Centro de Portugal e o CEARTE – Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *