Pestana quer mais 3 Pousadas de Portugal

Por a 25 de Maio de 2018 as 14:12

O Grupo Pestana apresentou um novo plano complementar de expansão das Pousadas de Portugal à Enatur para renovação do contrato de concessão em mais cinco anos, de 2023, término do actual, até 2028.

Luís Castanheira Lopes, presidente das Pousadas de Portugal, explicou aos jornalistas, à margem da inauguração do primeiro pólo da Pousada da Vila de Óbidos, que “no âmbito do contrato que temos com a Enatur, podíamos fazer um plano de expansão complementar. Fizemos, cumprimos e propusemos à Enatur fazer um novo plano de expansão complementar. Estamos a aguardar que nos diga se autoriza ou não. A nossa proposta é ficar até 2028, mas a Enatur ainda não se pronunciou”.

“O contrato neste momento está em 2023. Tínhamos 15 anos de contrato, que terminaria a 31 de Dezembro de 2018, que é o ano em que estamos, mas se fizéssemos um plano de expansão – que fizemos -, teríamos direito a mais cinco anos. Já fizemos e, neste momento, [o contrato] termina a 31 de Dezembro de 2023. Como gostávamos de continuar a fazer Pousadas, estamos a tentar fazer um novo plano articulado com a Enatur, além do [plano de expansão] internacional (ler mais aqui)”, acrescentou Castanheira Lopes, indicando que foi proposto “um segundo plano igual ao que já cumprimos, três Pousadas em Portugal, que ainda não estão projectadas, estão dependestes das condições”, revelou o responsável, indicando, porém, que “está muita coisa pensada e estudada, mas não temos localizações”.

Ainda nível nacional, as obras da Pousada de Vila Real de Santo António – incluída no primeiro plano de expansão – vão ter início nos próximos meses e o estabelecimento deverá abrir portas para o Verão do próximo ano.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *