50 ideias para o Turismo | Gostava que o Turismo Cultural fosse o principal segmento de Turismo em Portugal

Por a 12 de Abril de 2018 as 11:25

O nosso património histórico e cultural é suficientemente rico para captar o interesse desse tipo de turismo qualificado e com capacidade económica, cuja estada é muitas vezes fora das épocas altas e geralmente mais prolongada.

Aliado a outros factores de atracção – clima ameno, segurança, excelentes alojamentos e hospitalidade –, o nosso património, material e imaterial – onde se inclui também a gastronomia e os vinhos –, é muito diversificado. Além do património arquitectónico e ambiental – museus, castelos, palácios, igrejas, parques e jardins, edifícios públicos e privados de qualidade arquitectónica e história ímpares -, Portugal mantém ainda vivos costumes e tradições milenares. Divulgá-los junto de quem nos visita é a melhor forma de os preservar.

Porque se trata da transmissão da memória e identidade de um país, de um povo, essa divulgação tem que ser feita com seriedade, através da oferta de produtos e equipamentos cuja autenticidade deve ser inquestionável.

A nossa Cultura, o nosso Património são a nossa maior riqueza. É o que nos diferencia, o que nos torna únicos. O Turismo Cultural procura, cada vez mais, essa descoberta no contacto com as comunidades, na busca das vivências reais de bairros e de zonas frequentadas pela população.

Com o aumento do turismo, em particular do chamado Turismo de massas, as tradicionais “zonas turísticas” tendem a alargar-se, o que gera novos problemas. O Turismo Cultural valoriza e respeita as populações e potencia novas oportunidades nomeadamente no que diz respeito à requalificação dos destinos ao nível, por exemplo, do tratamento dos espaços públicos, iluminação, sinalética, higiene, controle da poluição sonora e ambiental.

Luís Alves de Sousa, administrador dos Hotéis Heritage

Nota de editor: No âmbito da celebração do seu 50º aniversário, o Publituris  convida, em todas as suas edições de 2018, uma figura do sector a lançar uma “Ideia para o Turismo”.

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *