Aumento da procura por Marrocos é “reflexo da evolução” do destino

Por a 6 de Abril de 2018 as 11:55
Cláudia Martins. Abdellatif Achachi e Nuno Mateus

Saïdia e Agadir são dois dos destinos marroquinos que vão contar com operações charter da Solférias em parceria com outros ‘players’ do mercado.

Para Saïdia, o operador turístico conta uma operação com início a 02 de Junho 2018 e término a 22 de Setembro 2018, com um voo semanal com saídas de Lisboa e Porto ao sábado. Recentemente, o operador e respectivos parceiros colocaram um voo extra à partida de Lisboa, às sextas-feiras, operado pela TAP, com início a 8 de Junho e com último regresso previsto para 14 de Setembro.

A operação para Agadir acontece à partida de Lisboa, de 9 de Junho a 8 de Setembro, e do Porto  de 10 de Junho a 9 de Setembro. A Solférias conta ainda com ofertas em voos regulares para a cidade de Marraquexe.

Para promover a oferta para Marrocos que disponibiliza ao mercado, o operador turístico promoveu um roadshow que passou pelas cidades do Porto, Coimbra e Lisboa, tendo abrangido um total de 470 agentes de viagens. Nuno Mateus, director-geral, e Cláudia Martins, gestora de produto da Solférias, referem que as vendas para Saïdia estão “a correr muito bem”. Nuno Mateus sublinha que “Saïdia está num nível incrível, muito forte, daí se justificar o aumento de capacidade”. Para o responsável, a procura verificada até ao momento Marrocos “é um pouco o reflexo da evolução de Marrocos. Hoje em dia, a imagem que temos de Marrocos tem evoluído imenso e quando se lá vai nota-se ainda mais”.

Para Agadir, as reservas estão “a demorar um pouco mais a arrancar, mas as perspectivas são muito boas”.  Segundo Nuno Mateus, este destino está diferente do que era no passado: “No nosso mercado ainda há uma ideia completamente errada [relativamente a Agadir], como havia em relação a Marraquexe no passado e que agora é completamente diferente devido à evolução e à estrutura que tem. Não tenho dúvidas que Agadir vai ser uma agradável surpresa para o nosso mercado”. Ambos salientam a vida própria do destino, assim como a vida nocturna e a qualidade da estrutura hoteleira. “Brevemente, teremos uma famtrip que fará um combinado entre Marraquexe e Agadir precisamente para justificar o destino, para que o agente de viagens conheça e para que sinta o mesmo entusiasmo que sentimos neste momento em relação a Marrocos”.

Abdellatif Achachi, responsável do Turismo de Marrocos em Portugal, refere que, com a aposta que os operadores turísticos estão a fazer em Marrocos, o número recorde de turistas portugueses no destino vai ser novamente ultrapassado. Depois dos 87 mil turistas portugueses de 2017, as previsões para este ano apontam para os cerca de 95 mil portugueses nos destinos marroquinos, sendo que só em voos charters para Saïdia serão 20.500 portugueses aguardados. Abdellatif Achachi sublinha ainda que “o peso dos operadores turísticos para os destinos marroquinos é muito forte”, justificando que as operações destes são responsáveis por 75% das dormidas dos portugueses em Marrocos.

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *