Linha de Apoio ao Turismo Acessível com incentivo de 1,8 M€ para 11 projectos

Por a 27 de Março de 2018 as 16:40
Turismo Acessível

 

A Linha de Apoio ao Turismo Acessível vai apoiar 11 projectos, num incentivo de 1,8 milhões de euros, cujos contratos foram assinados esta terça-feira, 27 de Março, pela secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.

“Estamos a capacitar e promover Portugal como um destino acessível para todos. Com a linha de apoio que criámos foram já apoiados, desde 2017, 69 projectos de turismo acessível em todo o país, no valor global de 8,5 milhões de euros de incentivo”, refere Ana Mendes Godinho, citada numa nota informativa do Turismo de Portugal.

Os contratos foram assinados durante uma visita da governante ao Mosteiro da Batalha e incluem a criação de percursos acessíveis e materiais de comunicação inclusiva no Mosteiro da Batalha, Convento de Cristo (Tomar), Palácio Nacional de Mafra e Basílica, Mosteiro de Alcobaça e Museu Nacional Machado de Castro (Coimbra).

Além destes projectos, vão também ser alvo de melhoria as acessibilidades ao Castelo de São Jorge e ao Cinema S. Jorge, em Lisboa, bem como ao Campo Arqueológico de Oliveira do Hospital e ao Museu Etnográfico e Posto de Turismo de Mira e, criada informação turística mais acessível no município de Ourém.

Na Tapada de Mafra, o projecto prevê ainda um comboio acessível que permita a visita ao recinto, enquanto os Hotéis Vila Galé pretendem melhorar as acessibilidades em três unidades, nomeadamente em Lisboa, Porto e Vilamoura, e a agência de viagens TourismForAll propõe a aquisição de um autocarro adaptado para a sua actividade.

 

 

 

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *